Translate

8 de junho de 2011

Desportiva Ferroviária na Taça Brasil a primeira competição a nível nacional


-------------------------------------------------------------------------------------------------





Bezerra
A estreia ocorreu em 1965 o primeiro adversário seria o carioca Eletrovapo no dia 18 de julho estádio Caio Martins, o placar foi um empate por 1x1, Bezerra marcou o gol da Desportiva abrindo o placar no 1º tempo.
O jogo de volta dia 25 de julho um 2x2 no Eng Araripe, isso ocasionou uma terceira partida  em casa acabou em 0x0, este resultado não classificava nenhuma das duas equipes,  foi jogado até uma prorrogação mais uma vez sem vencedor, Bezerra novamente para a Tiva e Barbosinha para o Eletrovapo marcaram os gols, decidindo então o classificado no sorteio, foi a primeira vez que uma partida foi decidida no cara ou coroa no Brasil, Alcione capitão grená escolheu o lado certo da moeda, avançando assim de fase a Desportiva Ferroviária. Lembrando que foram aqui nesta partidas em que a Desportiva adotou o grená como a cor oficial da equipe, pois até esta competição as cores oficiais eram canarinho, um boato rolou que a CBD não aceitaria clubes usando as cores da seleção brasileira em competições a nível nacional, a diretoria grená não quis saber se era real ou não e resolveram mudar para as cores da locomotiva que fazia a viagem Vitória-Minas, assim nasceu a cor atual, com ela o torcedor da Desportiva Ferroviária passou a ser conhecido como grená.
  
Já na segunda fase o adversário foi o Atlético/GO, um 2x0 em casa para a Tiva dia 8 de agosto na ida deu uma falsa impressão de conforto e vantagem, no dia 15 de agosto um 4x0 derrubaria essa vantagem, no jogo que decidiria quem avançava de fase derrota por 2x1 dia 17 de agosto e eliminação da equipe capixaba.

2ª participação
Em 1966 dia 10 de julho um empate em casa por 2x2 contra o Americano RJ e uma derrota por 3x0 no dia 17 de julho fora eliminaria a Desportiva na nossa segunda participação nesta competição.


3ª participação
Em 1968 viria a ser o ultima participação grená nesta competição na ida dia 18 de agosto empate em 0x0 com o Goytacaz em casa e derrota dia 25 de agosto por 2x1  no RJ encerraria precocemente nossa participação nesta competição que mais valia como uma Copa do Brasil nos dias atuais, onde como se nota não tivemos muita sorte, coisa que muda com a criação do Campeonato Brasileiro em 1971, é só olhar o exemplo na Taça Brasil em 10 partidas foram 1 vitoria 5 empates 4 derrotas 10 gols marcados 17 sofridos, já pelo Brasileirão em 10 partidas foram 3 vitorias 3 empates 4 derrotas 7 gols pro e 6 contra...


As 10 primeiras partidas no brasileiro de 73
Desportiva 2x0 Sergipe/SE
Desportiva 2x2 Atlético/MG
Desportiva 0X1 Remo/PA
Desportiva 0x1 Vasco/RJ
Comercial/MS 0X0 Desportiva
Desportiva 1x0 Náutico/PE
Desportiva 0x1 Rio Negro/AM
Atlético/PR 1x0 Desportiva
Desportiva 1x1 Portuguesa/SP
Desportiva 1x1 Olaria/RJ
Todas equipes de tradição a nível nacional...


Um dos primeiros modelos de nosso escudo


=========================================================



Campanha na Taça Brasil de 1965
18 de julho de 1965
Eletrovapo/RJ 1x1 Desportiva
Local: Niterói (RJ),Estádio Caio Martins
25 de julho de 1965
Gol da Desportiva Bezerra

Desportiva 2x2 Eletrovapo/RJ
Local: Vitória (ES), Estádio Governador Bley
27 de julho de 1965

Desportiva 0X0 Eletrovapo/RJ (1x1 na prorrogação)
Local:Vitória (ES), Estádio Governador Bley
Juiz: Antonio Viug
Gols: Bezerra e Fernando Pinto
Gols na prorrogação: Cunha e Barbosinha
DES: Jaeder; Vicente, Mateus, Alcione, Wilson, Arinos, Maurelio,Diogo, Silvinho, Bezerra e Cunha.
ELE: Antoninho; Estevão, Juvaldo, Bina, Ney, Amaro, Ity, Doraci (Barbosinha), Pingo, Fernando Pinto e Orlando.

A Desportiva FVRD 2x0 Atlético C Goianiense
Local; Vitória (ES), Estádio Governador Bley
08 de agosto de 1965

Atlético C Goianiense 4x0 A Desportiva FVRD
Local: Goiânia (GO), Estádio Pedro Ludovico
15 de agosto de 1965

Atlético C Goianiense 2x1 A Desportiva FVRD

Local: Goiânia (GO), Estádio Pedro Ludovico
17 de agosto de 1965


Campanha de 1966
Desportiva 2x2 Americano/RJ
Local: Vitória (ES), Estádio Governador Bley
10 de julho de 1966

Americano/RJ 3x0  Desportiva
Local: Campos (RJ), Estádio Ari de Oliveira
17 de julho de 1966



Campanha de 1968
Desportiva 0x0 Goytacaz/RJ
Local: Engenheiro Araripe - Cariacica (ES)
18 de agosto de 1968
Árbitro: Reinaldo Farias
DES: Geraldo Latufe; Simonassi, Alcione, Roberto Almeida e Cougo; Wilson e Denifon (Moreira); Maurélio, Betinho, Bezerra e Fraga.
GOY: Zé Carlos; Serginho, Pereira, Ronaldo e Piu Piu; Ricardo e Dudu (Nilton Barreto); Maurício, Carlos Augusto, Rafael e Bolão.


Goytacaz/RJ 2x1 Desportiva
Local: Campos (RJ)
25 de agosto de 1968
Renda: NCr$ 5.322,00
Árbitro: Jairo Silva
Gols: Noquinha 22'(Des), Dudu 79'(Goy) e Bolão 88'(Goy)
Expulsões: Chico Preto e Bezerra
GOY: Zé Carlos; Serginho, Pereira, Ronaldo e Piu Piu; Ricardo e Dudu; Maurício, Chico Preto, Carlos Augusto e Bolão.
DES: Geraldo Latufe; Simonassi, Alcione, Roberto Almeida e César; Wilson e Denifon; Maurélio, Betinho (Bezerra), Noquinha e Fraga.




Antes da Taça Brasil de 1965

Uniforme oficial a partir de 1965




Primeiro adversário em competição nacional, Associação Esportiva Eletrovapo/RJ






Desportiva Ferroviária Bi campeã estadual 64/65



Os campeões de 65 já usando grená