Translate

31 de julho de 2011

Desportiva brasileiro da série B 1998

Essa ano foi o ultimo dos anos áureos da equipe ferroviária e do futebol capixaba em competições nacionais onde a equipe não disputava apenas  para simplesmente participar, sempre estava na briga pela vaga na elite do futebol brasileiro, mesmo sem apoio algum, a equipe entrou com a cara e a coragem para disputar essa competição que traria muita dificuldade mas principalmente muitas emoções para a torcida grená, desde classificações heroicas até mesmo um fiasco por falta de ajuda no que diz respeito a patrocínios, esse ultimo o que culminou com o não alcance da vaga na 1ª divisão lembrando que esta ano foi o mesmo em que o Fluminense-RJ foi rebaixado para a terceira divisão.
 A Desportiva montaria uma seleção capixaba para jogar a série B daquele ano, do time titular do estadual Luís Carlos goleiro foi o único remanescente China campeão capixaba em 92 pela Tiva, Índio, Giuliano, Evaldo,Marcelo Cabeção, Marcos Roberto, Rogério Tatu, Sérgio Andrade, Carlinhos e Luís Carlos era o time base da Desportiva Ferroviária...uma máquina a verdadeira locomotiva grená.


A primeira fase

Composta por 4 grupos com 6 equipes cada, no grupo A a Desportiva Ferroviária encontraria com Remo-PA, Londrina-PR, União São João-SP, Atlético-GO e Náutico-PE, classificavam-se os 4 primeiros.


Desportiva 1x0 Atlético-GO


1ª fase 

Na estréia derrota para o Náutico por 1 tento a 0 em Pernambuco, nada que abalasse
A recuperação veio no Engº Araripe no dia 8 de Agosto 2x0 no União São João de Araras. Pela terceira rodada nova derrota fora de casa,  para o Remo-PA.
Em sua quarta partida a Desportiva volta a vencer, em casa 1x0 frente ao Atlético-GO, até o momento a equipe grená se mostrava muito bem dentro de casa e muito  mal como visitante.
Na 5ª rodada os grenás finalmente vencem a primeira fora, 1x0 no Londrina no Paraná...Essa vitória fez a diferença na classificação final pois no Araripe um empate em 3x3 com o mesmo Londrina, não era esperado.
Na sexta rodada derrota para o Atlético/GO fora de casa por 2x1. Pela oitava rodada triunfo sobre o Remo 2x1 dentro de casa.
Nova derrota fora de casa desta vez para o União São  João em SP por 1x0...Pela ultima rodada a Desportiva enfrentaria o Náutico, enquanto  Atlético-GO v/s União São João...Remo contra Londrina...

a classificação era a seguinte
1º Remo : 17 Pontos, 2º Londrina : 15 Pontos, 3º Desportiva : 13 Pontos, 4º União São João : 12 Pontos, 5º Atlético/GO : 9 Pontos e  6º Náutico :  8 Pontos

Marcos Roberto como sempre sendo caçado,era um jogador muito técnico e veloz

















       



Um Confronto de risco pois o Náutico lutava contra o rebaixamento e era o única equipe do grupo a não ser derrotada pela Desportiva, mas faltava essa partida...E as coisas não foram bem para os visitantes a Tiva não aliviou, mas a  partida foi franca, com chances dos dois lados que estavam igualmente nervosos pela obrigação de vencer , um para se classificar o outro para se manter na série B, e no fim a vitória grená por 1x0 e classificação garantida e de quebra rebaixando os rivais...Essa vitória teve um gostinho de vingança afinal foi o mesmo Náutico que havia eliminado a Tiva nos pênaltis no brasileiro de 1996 era rebaixado pela equipe grená, nas outras partidas Atlético e União são João empataram em 0x0 , e com este resultados os goianos também foram rebaixados, Remo 1x0 Londrina ambos classificados
                                   Desportiva 1x0 Náutico


A classificação final do grupo na 1ª fase foi a seguinte...
1º Remo : 20 Pontos (Classificado)
2º Desportiva : 16 Pontos (Classificado) 
3º Londrina : 15 Pontos (Classificado)
4º União São João : 13 Pontos (Classificado)
5º Atlético/GO : 10 Pontos (rebaixado)
6º Náutico : 8 Pontos (rebaixado)



 2ª FASE

 Pela segunda fase  um mata mata diante do Tuna Luso/PA o  3º na chave C, na ida no  empate em 1x1 em Belém...no Engº  Araripe vitória por 2x0 na partida de volta nos deixou a um empate de avançar de fase...Na terceira e decisiva partida, o Tuna Luso sai na frente em um Araripe lotado, placar que nos eliminava da competição...No segundo tempo com o caldeirão grená pegando fogo a Desportiva vira para 3x1 eliminando mais um em seu caminho. Índio "destruiu" com os paraenses nestes 3 encontros diga-se de passagem, nas 3 partidas entre as equipes Índio marcou 5 gols, no 1x1 ele quem marcou o gol grená no 2x0 marcou os 2 novamente  no 3x1 marcou mais 2


Índio comemorando mais um de seus gols contra a Tuna Luso/PA 




3ª fase

Na 3ª fase fomos para o grupo contra Criciúma-SC ( 3º na chave B 1ª fase), Gama-DF ( 4º chave C 1ª fase) e XV de Piracicaba (líder na chave C 1ª fase)...

Começamos com péssimo rendimento nesta fase, com derrota no DF por 1x0 para o Gama...No Araripe nova derrota dessa vez por 2x0 para o Criciúma-SC...As coisas se complicavam, com duas derrotas estávamos na lanterna único time sem pontuar nesta chave restando mais 4 jogos e com um pé fora da competição.

 Desportiva 2x1 XV de Piracicaba pela 2ª rodada da 3ª fase


Contra o XV de Piracicaba dentro de casa veio o primeiro triunfo 2x1 dando esperanças a equipe grená, porém fio de esperança grená começaria a ficar menor com nova derrota para o XV em Piracicaba por 4x3 no interior paulista.
Com isso o Desportiva teria que vencer as duas ultimas partidas de qualquer jeito além de torcer por algumas combinações. A viajem até Criciúma poderia ser a despedida da equipe grená nesta competição, mas oque parecia um milagre começou a virar realidade pois a Tiva mostrou sua força e derrotou os catarinenses por 2x1 de virada, não esqueço ouvindo essa partida pela Rádio ES, quando tomamos o empate fiquei muito preocupado, porém no segundo tempo veio o gol da vitória, foi sofrer pressão até o fim, mas a vitória heroica saiu, a classificação ainda era difícil afinal, a Desportiva  tinha de derrotar o Gama líder do grupo com 10 pontos e ainda teríamos que torcer por um empate entre XV e Criciúma...
Uma das 4 partidas entre Desportiva e Gama em 1998



A Desportiva fez sua parte com sobras vencendo por 2x0 o Gama já classificado, dois golaços de Índio  e Carlinhos, lembro que a partida no Engenheiro Araripe terminou uns 15 minutos antes da partida em São Paulo, todos ficaram no estádio com o ouvido colado no Rádio...fim de partida em Piracicaba , XV 1x1 Criciúma e  a classificação que era dada como impossível chegou, estávamos a 6 partidas de voltar para a série A, sem patrocínio e ajuda de ninguém.
video
Desportiva 2x0 Gama



o nº 11 é o China na verdade o jornal errou


Quadrangular final

Na fase final enfrentaríamos o Londrina conhecido nosso da primeira fase...Gama novamente e Botafogo/SP que havíamos eliminado da série B em 1997...
video No quadrangular sentimos na pele a total falta de incentivo e investimento dos empresários capixabas, a Desportiva era a única que jogava esta fase final sem patrocínio e principalmente sem peças de reposição a altura do clube, que sofria muito por lesões e afastamentos por conta de cartões amarelos e vermelhos...1x1 em casa diante do Botafogo-SP em casa deixou claro o quanto nossa equipe estava debilitada...a equipe já dava sinais de desgaste e falta de peças de reposição, o empate em 2x2 com o Gama fora de casa amenizaram as coisas um pouco , mas o gol sofrido nos acréscimos de empate mudou muita coisa na classificação final, nossa primeira vitória foi frente ao Londrina por 1 tento a 0 em casa onde nossa equipe era quase imbatível.

   

                     
  Gama 2x2 Desportiva


videoNo jogo de abertura do returno derrota por 2x1 para o Londrina no estádio do Café sob um dilúvio quase sem condições de jogo...oque poderia ser o jogo do encaminhamento para a série A acabou sendo o jogo que complicou a Desportiva, empate em 2x2 em um gramado muito ruim dificultou muito as coisas...Ali começamos a dar adeus a vaga na elite do futebol brasileiro pois contra o Botafogo em Ribeirão Preto era uma dura missão segurar o empate ainda mais a Desportiva toda desfigurada.
Chegávamos a ultima rodada com Gama  saldo de + 1...7 pontos, Botafogo e Desportiva ambos com saldo de 0 e 6 pontos e Londrina 5 saldo  -1, todos com chances de classificação...




O dia fatídico dos 5x1
A Desportiva chegava idêntica ao  Botafogo porem havia feito 8 gols e sofrido 8 gols, do lado botafoguense 4 gols feitos e quatro sofridos, a Desportiva estava a um empate de voltar a primeira divisão desde 1993, afinal em 1994 foi a maior vergonha oque fizeram com nossa equipe e nosso futebol contra o Goiás, falta quase 2 metros fora da área sendo marcado pênalti um dos motivos de nosso futebol ter caído tanto, federação se vendendo ficando o jogo todo do lado rival...mas oque poderia ser um resultado comum não seria tão fácil assim, um caminhão de desfalques seja por cartões  ou contusões, a principal do nosso artilheiro e melhor jogador na competição Índio além de China que viajou com braço na tipóia fez o time sucumbir para uma equipe mais bem estruturada com ótimos patrocínios tudo o contrário da nossa equipe que na partida anterior contra o  Gama mais uma vez a Desportiva foi operada com duas expulsões e 4 jogadores que estava pendurados levaram amarelo, e isso não foi mera coincidência , derrota por 5x1 e fim de um sonho...foi a primeira vez que futebol me fez chorar...Lembro que após essa dura derrota veio a chamada Desportiva Capixaba, eu era da escolinha da Desportiva e vi de perto tudo definhar e desaparecer com nossa enorme história...muito tristes mas  que graças a Deus  começou a ser deixado no passado após retorno da Ferroviária em 8 de Abril de 2011, foi anunciada pela 2ª vara Cível de Cariacica que a equipe volta a ser Associação  Desportiva Ferroviária devido ao não pagamento de ações do grupo Villa - forte a Desportiva Capixaba passaria a ter 10% das ações do clube , enquanto a Desportiva Ferroviária terá 90%, um ano depois a Capixaba anunciou que deixaria de existir ficando a Desportiva Ferroviária com 100% das ações no futebol...pouco mais de 2 anos de sua volta a Desportiva Ferroviária faturou a série B capixaba 2012, Copa ES 2012 e o seu 17º estadual em 2013 e a Copa dos campeões Espírito Santo 2014, Desafio preto e grená e a Taça Unimed Vitória...

A equipe grená montou uma verdadeira seleção capixaba. Naquele elenco faziam parte...Luís Carlos, Evaldo, Ronaldo, China, Índio, Paulo Renato, Rogério Tatu, Evandro, Daniel, Giuliano, Sérgio Andrade, Carlinhos, além do técnico Marcos Magalhães comandando muito bem a equipe.



A CAMPANHA NAQUELE NACIONAL 

Náutico 1x0 Desportiva
02/08/1998 - Domingo

Desportiva 2x0 União São João

08/08/1998 - Domingo

Remo 2x0 Desportiva

17/08/1998 - Domingo

Desportiva 1x0 Atlético - GO

22/08/1998 - Quarta-feira

Londrina 0x1 Desportiva

30/08/1998 - Domingo

Desportiva 3x3 Londrina

06/09/1998 - Domingo

Atlético-GO 2x1 Desportiva

09/09/1998 - Domingo

Desportiva 2x1 Remo

16/09/1998 - Quinta-feira

União São João 1x0 Desportiva

27/09/1998 - Domingo

Desportiva 1x0 Náutico

06/10/1998 - Terça-feira

Tuna Luso 1x1 Desportiva

13/10/1998 - Terça-feira

Desportiva 2x0 Tuna Luso

18/10/1998 - Domingo

Desportiva 3x1 Tuna Luso

20/10/1998 - Terça-feira

Gama 1x0 Desportiva

08/11/1998 - Domingo

Desportiva 0x2 Criciúma

12/11/1998 - Segunda-feira

Desportiva 2x1 XV de Piracicaba

15/11/1998 - Quinta-feira

XV de Piracicaba 4x3 Desportiva

19/11/1998 - Quinta-feira

Criciúma 1x2 Desportiva

22/11/1998 - Domingo

Desportiva 2x0 Gama

26/11/1998 - Quinta-feira

Desportiva 1x1 Botafogo-SP

03/12/1998 - Quinta-feira

Gama 2x2 Desportiva

06/12/1998 - Domingo

Desportiva 1x0 Londrina

10/12/1998 - Quinta-feira

Londrina 2x1 Desportiva

14/12/1998 - Segunda-feira

Gama 2x2 Desportiva

17/12/1998 - Quinta-feira

Botafogo-SP 5x1 Desportiva

20/12/1998 - Domingo 
   


A Tiva foi a 3ª colocada dentre 24 equipes fazendo 38 pontos em 25 jogos, 11 vitórias, 5 empates e 9 derrotas 34 gols a favor 33 contra saldo de +1. 

Uma das formações daquele nacional.
Luiz Carlos,Evaldo, Daniel, Giuliano e Sérgio Andrade . agachados Rogério Tatu, Marcos Roberto, Ronaldo, Carlinhos, Evandro e Paulo Renato .





Desportiva 2X0 Fluminense/RJ em amistoso durante uma rápida parada antes do quadrangular final no estádio Engenheiro Araripe após o rebaixamento dos cariocas para a Série C


 Linda festa da torcida Grenamor coma Tiva entrando em campo
Essa dupla infernizava os adversários
                                                      
Mais festa grená no ano de 1998