Translate

17 de dezembro de 2012

Copa ES 2012..show,olé,e título em cima do maior rival



Se existe ano perfeito para um time e sua torcida no futebol,esse ano foi assim para a Desportiva Ferroviária,afinal foram dois títulos,e de forma brilhante,um aos 47 minutos do segundo tempo recolocando a Tiva de volta a elite do futebol capixaba e o outro em cima do maior rival vencendo as duas partidas sem dar margem para qualquer dúvida de qual é o melhor time no ES de quebra recolocando a Desportiva de volta ao cenário nacional na Copa do Brasil 2013...
Após vir da disputa da série B do capixaba aonde foi campeã empatando a partida aos 47 da segunda etapa,a Desportiva vinha com grande favoritismo em busca de mais um título o Bi da Copa Espírito Santo,não só por vir de um título,mais devido a principalmente,vir com a mesma equipe que venceu o série B e ainda com reforços vindos do RJ,e do estadual série A,nomes como Tony,David,Hércules,Flávio Santos,Felipe,Léo Oliveira,Carlos Alberto e Carlos Vitor seguiram no elenco além de a volta de Gilmar e Ayrton vindos do Aracruz.Pois bem caímos no grupo da morte,juntamente com Serra,Vitória,Real Noroeste,São Mateus e Tupy.

A estréia

a partida inicial aconteceu no dia 4 de Agosto,a partida contra o Serra tinha tudo pra ser uma festa e um passeio grená porém estávamos com o desfalque de nosso goleiro Felipe e Wanderson seu reserva não entrou confiante na partida levando dois gols um por puro azar dele e sorte do atacante adversário,e outro um tanto quanto estranho,afinal uma bola lenta passou na sua frente e ele nem ao menos pulou para impedir que ela entrasse em seu canto,só dava Desportiva porém nas poucas chances que teve o Serra marcou terminando a partida em 2x2,a Desportiva estreava com empate e com uma equipe desfigurada

A mesma equipe que na segunda rodada enfrentou o Tupy nesse que seria o 5º jogo entre as duas equipes,o ultimo encontro havia acontecido nas semi finais do capixabão série B,onde a Tiva venceu ambas as partidas sendo que na segunda vimos a partida dos 4 pênaltis perdidos,e mais uma vez a Desportiva mandava no jogo e mesmo assim saia sem os 3 pontos e para piorar fomos derrotados por 2x0,depois de 2 empates e duas vitórias contra o Tupy veio a 1ª derrota.

O time  jogava bem mais não vencia e na 3ª partida viajou até São Mateus,enfrentar o chamado pitt bull do norte e la dentro finalmente a Desportiva encontrou a vitória,um 3x1 de virada nos donos da casa,vitória essa que seria muito importante afinal em um grupo da morte tirar ponto dos concorrentes fora de casa faz muita diferença.

Na 4ª partida a reedição da Copa Espírito Santo 2011 disputada entre Real Noroeste x Desportiva,os donos da casa venceram os grenás por 1x0,com várias polêmicas nesta partida,3 gols anulados,pênaltis não marcados e mais uma vez a Desportiva perdeu muitos gols que dariam a vitória aos grenás.

Na 5ª partida confronto com o centenário Vitória,que desejaria não encontrar mais a Desportiva em seu caminho novamente,depois de um dos piores 1ª tempo do time grená e derrota parcial por 1x0,o segundo tempo veio com a locomotiva vindo com tudo pra cima do Vitória,e engolindo o rival virando mais uma partida para 3x1,fechando assim o 1ª turno na zona de classificação.

No returno mais um empate com o Serra dessa vez por 1x1,derrota para o Tupy novamente desta vez por 1x0,vitória por 2x1 no São Mateus.O empate em 0x0 com o Real Noroeste ligou um pouco o sinal de alerta afinal chegaríamos na ultima rodada dessa forma Serra 14 pontos em 1º-Desportiva 2º com 12-Real Noroeste 3º com São Mateus Vitória e 4º com 10 pontos e em 6º o Tupy com 9...
E de quebra enfrentando o Vitória em um clássico que valia o ano dos rivais pois o clássico poderia ser o ultimo jogo do Vitória no  ano de seu centenário,a partida ocorreu em uma quinta feira 4 de Outubro,horário péssimo para uma partida que decidiria muito para ambas as equipes alem de ser um dos maiores clássicos do estado,todo mundo esperava um Vitória partindo pra cima afinal  somente  a vitória salvaria os donos da casa da desclassificação precoce no torneio,mais oque se viu foi a Desportiva mandando na partida controlando as ações botando o rival pra correr atrás da bola desesperadamente,por fim a partida terminou em 2x0 para a Desportiva eliminando o rival que foi obrigado a sair de campo no ano do centenário ouvindo a torcida grená gritando que era o ano do ¨centernada¨ dentro de suas própria casa,no grupo da morte morreram Vitória e o atual campeão Real Noroeste e no fim das contas que se classificou foi um azarão,o Tupy que chegou na ultima rodada com a  lanterna e saiu classificado.

Nas quartas de finais outro conhecido nosso,o Vilavelhense que também foi adversário nosso na luta para subir,uma classificação tranquila veio,na partida de ida vitória por 1x0 com um gol alá Ronaldinho Gaúcho na copa de 2006 marcado por Alves,e na volta vitória por 2x0 nos credenciando para as semi finais,em nosso caminho mais um dois confrontos contra o Serra que tinha a vantagem de dois resultados iguais,e para piorar as coisas antes dos 10 minutos o Serra abriu o placar em uma falta na entrada da área,a vantagem ficaria maior,mais isso não abalaria nossa equipe que foi pra cima e sufocou o rival,Hércules com um golaço em um meio voleio marcou o empate ele mesmo que poderia ter matado a partida,porém o velho problema da Tiva nessa torneio voltou a aparecer,muitas chances perdidas,chances que fizeram falta afinal o empate em 1x1 nos obrigava a vencer a partida de volta fora de casa.O Serra já iniciava a partida em vantagem afinal o 0x0 levaria eles a grande final,e o placar seguia imutável,já chegávamos aos 45 do segundo tempo e nada de gols,era uma partida aberta muito equilibrada onde tudo poderia acontecer,os jogadores do Serra já estavam fazendo o famoso  cai cai,um dos motivos que levou o árbitro a dar 6  minutos de acréscimos,levando em conta que a partida ficou parada 2 minutos para o tempo técnico e mais uns tantos por causa de cai cai,jogador reserva expulso e causando tumulto,mais a torcida grená não perdia as esperanças de voltar acontecer o  mesmo que em Cachoeiro quando Hércules calou o estádio aos 47 do segundo tempo quando todos gritavam é campeão,e dessa vez eram 51  do segundo tempo (49 sem a parada técnica) quando Vitor Visa que vinha de lesão entra no fim e cala o Robertão quando todos já gritavam eliminado para a Desportiva marcando o gol da classificação,após o gol foram mais 5 minutos de jogo com o Serra desesperadíssimo indo pra cima e a Tiva só administrando,após o apito final mais uma vitória épica grená,e passaporte carimbado para a final mais um vez contra o rio branco a exemplo de 2008.


Tudo conspirava a favor da Tiva elenco mais forte e entrosado,mais técnico,superior nos aspectos táticos sem discussão,mais clássico pode se esperar tudo ainda mais se tratando de futebol capixaba,a primeira partida jogada no estádio Engenheiro Alencar de Araripe foi com casa cheia,a Desportiva se mostrou superior desde o início da partida,tocando bem a bola,antes dos 15 minutos o rio branco arriscou a falsa pressão,com toques de lado e bolas cruzadas na área sem perigo algum para o gol de Felipe,a Desportiva aos poucos foi mostrando seu futebol e sua superioridade apostando muito nos toques de bola pelas laterais afinal o gramado apresentava poças d'Água em alguns locais,nada que atrapalhasse o decorrer da partida,cada vez mais ganhando espaço a Desportiva já estava preparando sua torcida pra fazer a festa com a abertura do placar,e em uma jogada pela lateral direita do ataque grená Hércules recebe uma bola em profundidade e mesmo sem angulo arriscou um chute até certo ponto despretensioso que acabou entrando no canto após um frangaços do goleiro do rio branco,o gol que só um artilheiro com faro de gol poderia tentar fazer sem angulo e de longe.Eram 15 minutos de jogo e a Desportiva já dava alegria a sua torcida...
A partida após o gol grená o jogo melhorou muito,mais só para o lado grená afinal o rio branco só podia correr atrás de uma equipe melhor em todos os aspectos,e aos 31 veio o segundo gol grená,a Tiva com o zagueiro David marca 2x0 ainda no primeiro tempo para delírio da torcida da Tiva que lotou o Araripe fazendo uma linda festa nas arquibancadas...O segundo tempo veio mais o placar não se modificou,ficando para a segunda partida a Desportiva com a vantagem de perder por até um gol para se sagrar bi-campeão da copa ES e bi-campeão em cima do maior rival.



É dia 17 de Novembro e tudo pronto para a grande final,como sempre o rio branco alugando estádio para jogar por não ter uma casa,Salvador Costa do Vitória é o local da grande final,por precisar vencer os rivais é quem tomam a dianteira,a Tiva restava ser inteligente e dar o bote na hora certa afinal esse elenco não sabe jogar atrás causando uma partida aberta e franca,o primeiro tempo vai embora e com ele o placar inalterado.A segunda etapa veio e com ela mais emoção,gols,confusões e muito mais ingredientes de uma final envolvendo o maior clássico do ES.Logo aos 9 minutos em um cruzamento da revelação do torneio Carlos Vitor o goleiro adversário sai todo estabanado e atropela Hércules...o arbitro apita na marca da cal,para desespero do rio branco e sua torcida e alegria dos grenás presentes...A cobrança coisa de cinema,Hércules dá uma cavadinha no meio da meta e marca 1x0 só aumentando e mais a vantagem na partida,o gol afeta os rio branquenses que se desequilibram  o rival se enervou, claramente. Reclamando muito do pênalti, Diego e Hítalo receberam cartão amarelo. O árbitro chegou a pedir a entrada da polícia. Assim que a bola rolou, Guaçuí tentou acertar Sorriso com o braço. Em seguida, Thayson entrou de sola em Thiago. Formou-se o bolo. A polícia outra vez interveio. Diego, do Rio Branco, e Thiago, da Desportiva, foram expulsos. Thayson levou amarelo.Após muita confusão com entrada da polícia em campo a partida recomeça e aos 18 um pênalti contra a Desportiva,a partida fica tudo igual 1x1....Mais nem o mais pessimista grená acreditava em uma reviravolta e aos 21 a Desportiva matou qualquer chance de reação. Hércules foi lançado por Carlos Vitor na direita, ganhou de Thayson, driblou Guaçuí e rolou para Flávio Santos chutar para a rede: Desportiva 2 a 1.Depois desse gol oque se viu foi a festa grená com gritos de olé ecoando pelo estádio e o rio branco desesperado que ainda teve o zagueiro Leandro expulso em entrada criminosa em Hércules no que seria o 3º gol grená...Mas em vez de mais gols grenás, o que saiu mesmo foram os gritos de olé após o 30 minutos e, dado o apito final, o consagrador coro de “é campeão”. Canto merecido pela Desportiva Ferroviária, campeã da Copa Espírito Santo 2012,e vaga na copa do Brasil 2013 fechando um ano incrível e perfeito para a Desportiva e sua apaixonada torcida grená...


A partida de ida completa Desportiva 2x0 rio branco 11 Novembro 2012
http://www.youtube.com/watch?v=RNqvNXxQkUQ
http://www.youtube.com/watch?v=YXkBN3GspC4




A partida de volta completa...Desportiva 2x1 rio branco 17 de Novembro de 2012

http://www.youtube.com/watch?v=196DsOiQNw0&feature=relmfu
http://www.youtube.com/watch?v=xVr-Hdn7G6E&feature=relmfu








                            
Hércules comemorando mais um título,o artilheiro das decisões...






      

Momento de colocar Deus em primeiro lugar,elenco unido e com fé sempre se sai vencedor





                                          .

     Agora é só comemorar mais um título..




                                                    

Uh pula aê deixa o caldeirão ferver!!!






                                      

 A cavadinha de Hércules enterrou de vez os rivais...


                                                       

 Os campeões do ano...



                                                

 Como ficou o Espírito Santo em 2012
                                                            

 Torcida na partida de ida...



                                                                 

sempre presente...




                                                         
 Momento de agradecer...




                      
 Essa camisa viu mais títulos que muito torcedor do rio branco...



A nossa campanha até a taça
1ª fase
Desportiva 2x2 Serra
04/ago

Desportiva 0x2 Tupy
11/ago

São  Mateus 1x3 Desportiva
18/ago

Real Noroeste 1x0 Desportiva
25/ago

Desportiva 3x1 Vitória
01/set

Serra 1x1 Desportiva
08/set

Tupy 1x0 Desportiva
16/set

Desportiva 2x1 São Mateus
22/set

Desportiva 0x0 Real Noroeste
29/set

Vitória 0x2 Desportiva
04/out

Vila Velhense 0x1 Desportiva
13/out

Desportiva 2x0 Vila Velhense
20/out

Semi final
Desportiva 1x1 Serra
27/out

Serra 0x1 Desportiva
03/nov

                                                       Final                                                       
                    Desportiva 2x0 rio branco                       
10/nov

rio branco 1x2 Desportiva

17/nov