Translate

12 de fevereiro de 2013

Desportiva brasileiro de 76,o maior clássico do ES na série A



O brasileiro de 1976 foi responsável por duas partidas históricas para o futabol capixaba,Desportiva e rio branco os maiores rivais do Espirito Santo se enfrentando  na elite do futebol nacional,lembrando que pela 1ª divisão foram 4 confrontos..1976 uma vitória grená por 2x1 e uma derrota por 1x0,e em 1978 uma vitória por 1x0 e um empate em 0x0.A  campanha foi a mais fraca até então desde 1973 quando jogou pela primeira vez a competição nacional,o elenco veio cheio de novos jogadores para este campeonato..Caindo no grupo A ao lado de Inter/RS,Grêmio,Palmeiras,Santos,Caxias/RS,Avaí,Figueirense e rio branco/ES


O time que começou o nacional foi Azevedo no gol,a defesa contou com Lúcio Antônio e Ari,nas laterais Augusto e Celso Alonso,no meio campo Carlinhos,Evandro(Toninho II),Sérgio,no ataque 

Sérgio,Valmir,Moreira(Wilson)Alfredo Gonzales era o treinador,e logo na estréia dentro o Araripe com mais de 11 mil presentes uma pedreira o Palmeiras com Emerson Leão defendendo a meta e Jorge Mendonça e Ademir da Guia no meio campo,o placar foi derrota por 1x0 gol de Edu Bala aos 44 do 1º tempo,porém esta partida a Desportiva merecia até empatar na segunda etapa,depois de total domínio alviverde na primeira etapa,os grenás dominaram o a segunta etapa mais o placar não se alterou,esta derrota não abalou a equipe que já na partida seguinte encararia seu primeiro clássico contra o maior rival,o rio branco,a primeira partida da história entre as duas equipes em competições nacionais 

Escalação grená no 1º clássico pela 1ª divisão...no gol Edalmo,defesa Ari  e Lúcio Antônio,laterais Saúva e Augusto,meio Sérgio,Carlinho,Evandro(Toninho II),e no ataque Moreira,Orlando e Valmir,

Esta data história aconteceu no dia 7 de Setembro de 1976 em uma Terça feira,feriado nacional e o maior clássico do futebol capixaba de presente...A partida começou com tudo a Desportiva indo pra cima do adversário e a pressão surtiu efeito,logo aos 4 minutos de partida Moreira marcou 1x0 para a Tiva.Mau começava o clássico e o arbitro da partida Osires Pizzoli,já colocava a bola no meio de campo,mau sabia ele do trabalho que teria durante esta partida,o jogo seguiu com este 1x0 até o fim do primeiro tempo,na segunda etapa a Desportiva seguia melhor e as 15 minutos ampliou para 2x0 após gol de Valmir,minutos depois Juber do rio branco foi expulso,deixando os visitantes com 2x0 no placar e com um a menos,porém no lance da expulsão Ari e Sérgio foram amarelados pelo árbitro,que mais adiante também amarelou Edalmo e Valmir todos pelo lado grená,o time grená a esta altura administrava a vitória por 2x0 quando aos 25 Carlinhos descontou para o rio branco a partida ficou mais quente ainda,com chances tanto pelo lado grená quanto pelo lado alvinegro de marcarem gols,porém os números finais foram mesmo vitória da Desportiva neste confronto histórico por 2x1.Lembrando que esta derrota para o grande rival derrubou o técnico Jorge Reis(que decidiu abandonar a carreira de treinador após este fato)do comando do rio branco dando lugar a Lauro Burigo,prova doque uma derrota no maior clássico do ES pode causar.

Na partida seguinte são se sabe oque aconteceu com a equipe grená de simplesmente foi derrotada por 3x0 para o Avaí dentro de casa,sofrendo dois gols um no fim do 1º tempo e outro no início do 2º matando o time,muito se comenta que a Desportiva entrou de salto alto afinal o Avaí era a única equipe do grupo que havia sido derrotada pelo Figueirense achando assim que a partida seria fácil,o meio campo foi dominado e o resultado foi este vexame.
Nossa recuperação veio frente a outra equipe catarinense,o Figueirense,vitória por 1x0 gol marcado por Valmir aos 16 minutos do primeiro tempo.
Enfrentando o Internacional dentro de casa um péssimo 4x1,o único gol grená foi marcado contra pelo zagueiro Figueroa,o goleiro Manga e Dadá Maravilha também fazia parte deste Inter fortíssimo que foi o campeão desta edição do brasileirão.Uma derrota por 3x1 para o Grêmio em Porto Alegre foi mais doque normal,Ainda no Sul desta vez e Caxias do Sul derrota para oa donos da casa no encontro de grenás por 2x0.E jogando pela ultima rodada da 1ª fase um surpreendente empate com o Santos em plena Vila Belmiro por 0x0.
Como das 9 equipes do grupo 4 se classificavam para a fase seguinte e as demais jogavam uma repescagem,fomos então para a repescagem no grupo K enfrentaríamos os adversários da 1ª fase em jogos únicos,na primeira partida em SC contra o Figueirense e as coisas não poderiam ter começado piores derrota por 3x1.
A segunda partida foi contra o Caxias empate em 0x0 praticamente já eliminavam as chances de passar na repescagem,afinal a vitória ainda valia 2 pontos e não 3,
O segundo encontro com o maior rival aconteceu no dia 17 de Outubro,Domingo,e o resultado desta vez não agradou nenhum pouco os grenás derrota por 1x0,além de deixar a Tiva fora da disputa coloca os rivais na liderança do grupo e se classificando na repescagem.A ultima partida daquele nacional foi em SC contra o Avaí derrota por 1x0,além da derrota voltamos com Celso Alonso expulso,pelo ao menos de consolo vimos nosso maior rival morrer na praia não se classificando para a repescagem,coisas que só que acompanha essa rivalidade sabe oque isso significa.
Nossa campanha foi a seguinte em 1976,12 jogos/2 vitórias/3 empates/8 derrotas/6 gols pró/18 gols contra/
-13 saldo de gols

Desportiva 0x1 Palmeiras      ====== 04/09/76

Desportiva 2x1 rio branco     ====== 07/09/76

Desportiva 0x3 Avaí           ====== 12/09/76

Desportiva 1x0 Figueirense    ====== 18/09/76

Desportiva 1x4 Internacional  ====== 22/09/76

Grêmio 3x1 Desportiva         ====== 26/09/76

 Caxias 2x0 Desportiva        ====== 29/09/76

Santos 0x0 Desportiva         ====== 03/10/76

Figueirense 3x1 Desportiva    ====== 10/10/76

Desportiva 0x0 Caxias         ====== 13/10/76

rio branco 1x0 Desportiva     ====== 17/10/76

Avaí 1x0 Desportiva           ====== 24/10/76
    















Revista Placar 1976



















Nesta equipe alguns participaram  do brasileiro  de 1976




















Poucos jogadores de 76 ficaram na Desportiva para o ano seguinte