Translate

27 de fevereiro de 2013

Villa Nova/MG 1x6 Desportiva. O maior massacre grená em competições nacionais.

Nossa Desportiva tem em território estadual suas duas maiores goleadas, em 1965  derrotou o Vila Nova por 10x1 no dia 12 de maio em uma quarta feira,  em 29 de julho de 1975 em uma terça feira a Desportiva derrotou o São Silvano por 11x0 no estádio Engº Araripe aplicando a sua maior goleada da história em partidas oficiais,  ambos clubes de Colatina, mas você sabe qual a maior goleada em competições nacionais? em território nacional nossa maior goleada ocorreu em 2003 pela primeira fase do brasileiro série C, e  a  maior goleada foi curiosamente  fora do nosso estádio Engº Araripe. Jogando em Nova Lima região metropolitana de Belo Horizonte onde enfrestamos o Villa Nova/MG no dia 28 de setembro, em um domingo no Penidão, a Desportiva fez uma de suas melhores partidas nos últimos tempos, não tomando conhecimento dos mineiros, Bill duas vezes, Morelato, Kill, Agnaldo e Léo Oliveira construíram os 6x1, Didi ainda marcou o gol de honra.
Na quarta feira a Desportiva já havia derrotado o Villa Nova por 1x0 no Engenheiro Araripe gol do esteante  Kesley aos 37 do segundo tempo de falta, na partida em Minas eles queriam devolver a derrota para seguir na briga pela vaga na segunda fase, porém não esperavam uma Desportiva tão impressionante assim, logo aos 9 minutos de jogo com Morelato chutando de fora da área marcamos 1x0, o time não parou mais  e aos 16 veio o segundo com Kill em um contra ataque mortal marcando 2x0 para os capixabas, aos 17 o Villa Nova marcou o seu com Didi cobrando falta, o primeiro tempo se encerrou em 2x1 para Tiva. O segundo tempo veio os gols que a Desportiva havia perdido no jogo de quarta feira onde cansou de perder gols vencendo apenas por 1x0, na base dos contra ataques os grenás mataram o jogo, logo a 1 minuto de jogo Kill em uma pancada de fora da área fez 3x1, a exemplo do 1º tempo a Tiva também marcou aos 16 mais uma vez com Bill, o ídolo grená Léo  Oliveira aos 24 em uma bela jogada individual transformou a vitória em goleada 4x1 para a Tiva, que ficaria ainda maior,  aos 28 com Agnaldo de falta fez 5x1 ele que havia acabado de entrar na segunda etapa. O 6º veio 4 minutos depois aos 31 com Bill fechando a humilhante goleada em 6x1, colocando a Desportiva na briga pela vaga na segunda fase, a vaga não viria porém esta goleada ficou na história sendo a maior da Desportiva em competições nacionais. E só lembrando que esta equipe ainda goleou o seu maior rival o Rio branco por 5x0 pela Copa Espírito Santo  em 7 de setembro do mesmo ano, sendo até hoje a maior goleada do maior clássico entre as duas equipes. 

Outras goleadas grenás aplicadas em Campeonatos Brasileiros



Desportiva 5x0 América/RN  
Brasileiro série B 08-10-95



Desportiva 4x0 Londrina/PR          
Brasileiro série B 24-10-99


Tupi/MG 1x4 Desportiva          
Brasileiro série C 26-10-88


Sergipe/SE 1x4 Desportiva          
 Brasileiro série A 
10-11-77


Desportiva 4x0 São Paulo/RS   
Brasileiro série A 
28-11-79


Desportiva 3x0 Brasil/RS
Brasileiro série A   
03-03-85


Desportiva 3x0 Confiança/SE     
Brasileiro série B 
05-10-86

Desportiva 3x0 Colatina/ES             
Brasileiro série B 
24-03-91

Desportiva 3x0 Confiança/SE     
Brasileiro série B 
22-03-92

Desportiva 3x0 Moto Club/MA   
Brasileiro série B 
19-10-94

Santa Cruz/PE 0x3 Desportiva          
Brasileiro série B 
30-10-94

Desportiva 3x0 Bandeirante/DF    
Brasileiro série B 
03-10-00 

Desportiva 3x0 Bragantino/SP          
Brasileiro série B 
22-08-01


Desportiva 3x0 Estrela do Norte  
Brasileiro série C 
11-10-87

Desportiva 3x0 Valério/MG
Torneio Centro Sul 
12-12-68





A ficha técnica...

VILLA NOVA 1 X 6 DESPORTIVA
Data: 28 de setembro de 2003
Local : Belo Horizonte/MG
Estádio : Penidão
Villa Nova: Marcelo, Márcio
Goiano, Micão, Ari e Elvis;
Itaparica, Souza, Faeco e Leandro
Diniz; Didi e Biro Gomes.
Técnico: Evaldo.


Desportiva: Walter, Denilson,

Marcelo, Bill e André; Léo Gonçalves,
Agnaldo, Morelato e
Kill; Léo Oliveira e Kesley. Técnico:
Marcos Nunes.

Gols: primeiro tempo – Morelato, aos nove
minutos; Kill, aos 16, e Didi, aos 17.
Segundo tempo – Bill, aos 16 minutos, Léo
Oliveira, aos 24; Agnaldo, aos 28; e Bill,
aos 31.
Juiz: Jorge Coelho (RJ).
Renda e público: Não divulgados.





------------------------------------------------------------------------------------------------------------


matéria sobre o massacre




Penidão em Nova Lima estádio do massacre grená...



Lembrando que em 2003 a Desportiva ainda jogava com a alcunha de Desportiva Capixaba