Translate

11 de fevereiro de 2013

O primeiro campeonato da Desportiva Ferroviária

 De pé : João, Pereira, Zé Henrique, H. Wilson, Toninho, Alcione.
Agachados Tonho, Salomão, Nanau, Zé Gordo e Nonô










É 1963, apenas 20 dias depois da fusão entre as equipes Ferroviário Sport Club, Associação Atlética Cauê, Esporte Clube Guarany , Associação Atlética Vale do Rio Doce e Associação Esportiva Valeriodoce, dando início a Associação Desportiva Ferroviária Companhia Vale do Rio Doce , a partida foi contra o Vitória(foto acima), este que se transformaria em  um dos dois maiores rivais da nossa equipe grená, a partida durou apenas 20 minutos pois o Torneio Início era disputado pelas 9 equipes que disputariam a Taça Cidade de Vitória de 1963, era muito comum pelo Brasil estes torneios jogados em um tempo de 20 minutos no estilo mata mata quem perdesse estaria fora, em alguns casos se adotava como forma de desempates escanteios a favor, porém neste ano se adotava as cobranças de pênaltis em caso de empate e foi isto que aconteceu nesta partida dia 7 de Julho, após um 0x0 entre as equipes o Vitória derrotou a Desportiva por 2x1 nos penais, lembrando que eram cobranças alternadas no modelo do futebol de areia, caso um perca e o outro faça acabava a disputa independente de quantas cobranças havia sido executadas...


súmula da partida entre Desportiva x Vitória 






Taça Cidade de Vitória nossa 1ª competição oficial
A estréia em uma partida oficial veio no dia 21 de Julho em partida contra o Atlético de Vila Velha na casa dos adversários, o primeiro gol grená da história ficou a cargo de Luizinho, coube ele a honra  aos 35 minutos do 1º tempo, porém o resultado final foi 2x1 para o Atlético que virou a partida na segunda etapa jogando com um jogador a mais. Na partida seguinte o primeiro clássico de verdade entre Vitória e Desportiva após os 90 minutos empate em 1x1, na partida  seguinte novo empate este em 0x0 contra o Caxias.





A 1ª vitória
A nossa primeira vitória viria no dia 25 de Agosto de 1963 dia do Soldado, nosso jogadores entraram nesta batalha para vencer, o inimigo a ser batido foi o Santos de  Vila Velha, a partida foi Bento Ferreira em Vitória, e com João, Pereira, Roberto Almeida, Jair, Didite, Alcione, Antelmo(Nanau), Bento, Luizinho, Zé Gordo e Roberto Santos, nosso técnico era Eloy.


súmula 1ª vitória da história da Desportiva 2x1 Santos







A equipe mostrou que veio mesmo decidida a vencer e aos 2 minutos  Luizinho sim ele de novo,  abriu o placar para a Tiva, porém  aos 37 Tamilton tentou estragar a festa grená (que era canarinho) empatando para o Santos, o primeiro tempo que começa tão bem termina muito mal com a Desportiva sofrendo  empate e com um a menos já que Bento foi expulso após entrada forte em Earl, que mais tarde seria campeão jogando pela própria Desportiva Ferroviária. A segunda etapa só dava Desportiva na partida mesmo com um a menos a Tiva mandava na partida, o goleiro Totonho do Santos sofria com o bombardeio grená principalmente com Luizinho nosso 1º grande artilheiro, Zé Gordo, Nanau e Jair, a participação de Totonho foi tão boa que pouco tempo depois ele vestiria a camisa da Tiva, na verdade a Desportiva contratou mais da metade do time do Santos para o estadual de 1964 e deu certo o entrosamento dos jogadores fez  a Tiva ser quase imbatível. A esta altura Luizinho o grande matador da época na Tiva estava em campo machucado, Roberto Santos nosso zagueiro já era ponta e o time jogava na vontade e garra total, e no coração Jair que entrou no decorrer da partida, foi agraciado com o gol do primeiro triunfo grená, aos 25 minutos do segundo tempo, placar final Desportiva 2x1 Santos de Vila Velha, no dia 25 de Agosto de 1963 foi a data do nosso primeiro triunfo oficial.


Nas próximas duas partidas seguintes mais 2 triunfos em 8 de setembro vitória por 3x1 no Corinthians/ES e no dia 15 de setembro  2x0 no Americano/ES, e no dia 22 de Setembro um dia histórico, o primeiro confronto entre Desportiva e Rio branco os dois maiores rivais do Espírito Santo, uma controvérsia na partida preliminar a Desportiva venceu por 1x0 gol de Joel Freire camisa 9, no 1º confronto entre as camisas dos maiores rivais do estado deu os grenás que na época eram canarinhos...
Na partida de fundo  entre as equipes principais,  foi uma partida muito quente o clássico já nasce fervendo no estádio Governador Bley que foi o palco da disputa, o placar foi derrota por 3x1 Luizinho marcou o gol grená aos 21 minutos o  sexto gol em sete jogos porém  mais uma vez a Tiva marca e sofre o empate antes do fim do primeiro tempo terminar, aos 26 apenas 5 minutos após marcar 1x0 sofre o empate, a coisa complicou mesmo de vez quando Luizinho foi expulso após chutar a bola para longe reclamando de  expulsão do zagueiro  Roberto Santos, além de ter 2 expulsos antes do fim do primeiro tempo, Jair, Didite e Salomão foram amarelados pelo árbitro Mauro Felix Guimarães, com dois a menos na partida a Desportiva acabou sofrendo 2 gols e sendo derrotada por 3x1 logo que apitou o fim da partida o árbitro teve muitos problemas e relatou os mesmos na súmula...
Segue a baixo trecho da súmula logo após a partida.

"Tão logo terminei a partida, Alcione nº 6 dirigiu-me os maiores insultos ponográficos, assim expressando-se; Mauro.você é um grande filho da puta, viado, por que não mete seu apito na bunda?. Quando ao senhor Eloy, técnico da Desportiva, torna-se necessário ressaltar que é um elemento sem condições para dirigir um quadro de futebol, mormente por que fica a incentivar aos seus comandados a deturpar o trabalho do árbitro, assim como agredindo-me com pornografias, sendo que de uma feita, quando passava correndo seguindo um lance, ouvi e tive mesmo a oportunidade de localiza-lo quando abatia-me moralmente com palavras, usando as seguintes expressões : Juiz venal, corno, safado, filho da puta! Terminando a partida, já no meu vestiário, escutei a entrevista deste mesmo elemento á Radio Espírito Santo: [Juiz, esse é um palhaço fantasiado dentro do campo . Se existe juiz, esse não é o, pois transformou uma partida, expulsando elementos educados e os melhores da Desportiva, talvez levando vantagem do rio branco, tirando todo o brilho da partida].

Assim sendo, a quem de direito solicito uma providência rigorosa para que fatos dessa natureza não se repitam. Em 22 de Setembro, Mauro Félix Guimarães."

Após todas essas confusões a equipe da Desportiva não teve mais exito na competição vencida inclusive surpreendentemente pelo Santos de Aribiri. 




Campanha Taça Cidade de Vitória 1963

Atlético Vila Velha 2x1 Desportiva   21/julho
Desportiva  1x1 Vitória/ES                03/agosto
Caxias 0x0 Desportiva                      10/agosto
Desportiva  2x1 Santos de Aribiri 25/agosto
Desportiva  3x1 Corinthians/ES 08/setembro
Desportiva  2x0 Americano/ES        15/setembro
rio branco 3x1 Desportiva               22/setembro
Santos de Aribiri  3x1 Desportiva   29/setembro
Vitória/ES 2x0 Desportiva             13/outubro
Caxias 1x0 Desportiva                    17/novembro

Foram 10 partidas vencendo 3, empatando 2 perdendo 5, marcamos 11 gols sofremos 14.



Modelo da estréia da  Desportiva
Modelo oficial que durou até 1965






Estádio Governador Bley local da estréia e da 1º vitória da Desportiva







Elenco reforçado por jogadores do Santos de Aribiri