Translate

3 de maio de 2013

Desportiva Ferroviária nos brasileiros série B anos 80 e 2000

Após figurar 10 anos entre os times da elite do brasileiro entre 73 e 82,a década de 80 fez a Desportiva sentir como é jogar fora da elite,após jogar ininterruptamente a 1ª divisão fomos para e segundo calão do Brasil,ainda em 1982 após a equipe não passar para a fase seguinte no brasileiro da 1ª divisão onde perdemos na repescagem por 1x0 para o Cruzeiro no Mineirão enfrentamos o Uberaba/MG pelo mata mata da 2ª divisão por vir a 1ª divisão entramos já na 3ª fase direto no mata mata, na partida de ida no Araripe fomos derrotados por 3x0 e na volta em Minas Gerais o placar ficou em 0x0 com o Uberaba. É aí que entra uma curiosidade da partida de ida no Araripe,  foi que o Uberaba se recusou a fazer exame antidoping, se atrasaram e acabou não tendo exame, a CBF até pensou em excluí-los da competição mas resolveu anular esta partida e remarcar em um campo neutro, pois bem a partida foi disputada no estádio Parque Antártica em São Paulo em 10 de março. A Desportiva acabou sendo derrotada por 1x0 gol aos 45 do segundo tempo, a Desportiva que era a certa da história acabou sendo prejudicada, pois a partida de ida no Araripe o Uberaba não fez o exame antidoping e ainda teve o beneficio de enfrentar a Desportiva em campo neutro, de Uberaba a São Paulo dá em média 487 km, já a distância média entre Vitória e São Paulo dá 874 km, a Desportiva teve que viajar o dobro  de distância do adversário para jogar em "campo neutro"...coisas que acontecem com o futebol capixaba. 

Partidas de 1982

Desportiva 0x3 Uberaba partida anulada pois Uberaba fugiu do exame antidoping
Uberaba 0x0 Desportiva   6 de março
Uberaba 1x0 Desportiva Parque Antártica-SP 10 de março 

Em 1984 a 2ª divisão foi disputada toda em esquema de mata mata tipo Copa do Brasil, nosso rival pela vaga foi o Goytacaz /RJ, na partida de ida ocorrendo no estádio Engenheiro Araripe em 26 de fevereiro  empate em 1x1, Barto abriu o placar aos 255 do 1º tempo ,sofrendo empate aos 14 do segundo gol de Valtair, o  resultado que obrigava a Desportiva a vencer fora de casa, um novo empate seria decidida a vaga nos pênaltes, dois dias depois estávamos no Rio de Janeiro frente a frente com os cariocas no estádio Godofredo Cruz, e a classificação veio com uma vitória convincente,  a Desportiva despachou o Goytacaz para casa 2x0 , gols de Paulistinha aos 22 do 1º tempo e Amauri aos 33 do 2º, e tudo isto com um jogador a menos já que Alexandre havia sido expulso de campo.
 A vitória fora de casa credenciou a Tiva para a próxima fase da competição, Comercial/MS seria nosso concorrente pela vaga, na partida de dia 2 de fevereiro mais uma vez jogando em casa, vitória grená por 2x1 com esse resultado o empate levaria a vaga para os grenás,mais aconteceu que no estádio Pedro Pedrossian o placar de 2x1 se repetiu só que desta vez para o adversário, com isso a partida foi decidida nos penais, e a Desportiva sucumbiu e foi derrotada por 5x4 encerrando ali sua participação na edição de 84.

Partidas de 1983

Desportiva 1x1 Goytacaz-RJ 26/02/84 - Dom
Goytavaz-RJ 0x2 Desportiva 28/02/84 - Ter
Desportiva 2x1 Comercial-MS 02/03/84 - Sex
Comercial-MS 2X1 Desportiva    10/03/84 - Sáb
nas disputa de pênaltis Comercial 5x4 Desportiva



Após mais uma passagem na elite em 1985 a Desportiva volta a disputar a série B em 1986. Neste ano foram 4 grupos com 9 times cada jogando entre si dentro de seus grupos em turno único se classificando apenas o 1º colocado, fomos para o grupo F lembrando que a segunda divisão era tida como o outro módulo do brasileiro por isso o grupo F os grupos A ao D eram a primeira divisão. Ao nosso lado ficaram Central/PE, Americano e Goytacaz ambos do RJ, CRB/AL, Catuense e Fluminense da BA, Taguatinga/DF e Confiança/SE.
Desportiva campeã de 1984
Nossa estréia foi em PE diante do Central fomos derrotados por 2x1, em mais uma partida fora de casa um velho conhecido grená o Goytacaz que mais uma vez jogando no estádio Godofredo Cruz caiu diante da nossa Desportiva, vitória grená  por 2x1. Na primeira partida em casa um 0x0 contra a Catuense surpreendeu a todos, a retranca baiana segurou nossa locomotiva, folgamos na 4ª rodada.
Quando jogamos mais uma vez em casa mais um tropeço, esse maior ainda que o primeiro fomos derrotados por 2x1 para o Americano. Precisando da vitória para continuar na briga partimos para cima do Fluminense/BA na casa do adversário mais infelizmente acabamos por empatar em 1x1.
Nossa primeira vitória em casa só veio na terceira partida contra o Taguatinga vitória magra por 1x0 mas que colocava a Desportiva na briga pela única vaga do grupo, chance essa que diminuiu a 0 após o revés por 1x0 para o CRB em Alagoas, na despedida da disputa uma goleada 3x0 no Confiança no estádio Engº Araripe, fechamos a 3 pontos do Central  que foi o classificado, se aproveitasse o mando de campo a Tiva teria ido mais longe nessa competição que inclusive não houve a final os 4 times classificados em seus grupos Criciúma/SC,Internacional de Limeira/SP, Treze/PB e o próprio Central/PE foram promovidos a série A do ano seguinte.

Partidas em 1986

Central 2x1 Desportiva 06/09/86 - Sáb
Goytacaz 1x2 Desportiva  10/09/86 - Quar
Desportiva 0x0 Catuense 14/09/86 - Dom
Desportiva 1x2 Americano/RJ 21/09/86 - Dom
Fluminense-BA 1x1 Desportiva 24/09/86 - Quar
Desportiva 1x0 Taguatinga 28/09/86 - Dom
CRB 1x0 Desportiva 01/10/86 - Quar
Desportiva 3x0 Confiança 05/10/86 - Dom
 
Desportiva campeã capixaba de 1986


A equipe grená após dois anos na série C voltaria a jogar a segundona em 1989, a série B neste ano disputada por "apenas" 96 equipes divididas em grupos de 6 times, jogando em ida e volta dentro de seus grupos, os dois melhores passava de fase, lembrando que os grupos eram todos regionalizados a Desportiva foi para o  grupo H contando apenas com capixabas e cariocas...o Espírito Santo fazendo companhia a Tiva nosso maior rival o rio branco e o interiorano  do Colatina, do estado do Rio Itaperuna,Americano e Cabofriense.

A estréia foi péssima derrota por 3x1 para o Itaperuna na nossa primeira viajem ao Rio de Janeiro. Contra o Americano em pleno Araripe como havia ocorrido em 86 nova derrota para o Americano, placar de 2x0. O pior resultado veio na terceira partida derrota para o maior rival rio branco por 2x1, só fomos vencer a primeira na quarta rodada 2x1 no Cabofriense em casa, essa vitória deu um ânimo maior para os grenás que jogando fora de casa derrotaram o Colatina pelo placar de 2x1.
No reencontro com o Itaperuna trinfo por 1x0 o resultado dava uma confiança tremenda para o time, confiança essa que foi despedaçada na partida seguinte diante do Americano em Campos, o time entrou confiante e sofreu com isso, não podemos dizer que era arrogância do time que achava que por ter alcançado as 3 vitórias seguidas já era candidato a vaga, fomos derrotados por acachapantes 5x0, isso fez o time desandar de vez empate em 0x0 com o rio branco, derrota fora de casa para a Cabofriense e pra fechar de vez a queda livre do time nova derrota, dentro de casa por 2x0 para o Colatina, passavam 2 cada grupo e ficamos muito longe disso, nosso extremo da tabela era muito mais próximo ao de baixo.
Elenco de 89 que jogou a série B

Fazendo um resumo rápido das nossas participações em série B nos anos 80 nada se compara aos ótimos resultados alcançados na 1ª divisão onde jogamos por muitas vezes de igual para igual contra os grandes. Entramos em campo por 24 oportunidades com 8 vitórias, 5 empates e 11 derrotas 22 gols marcados contra 31 sofridos. Se o time não foi bem no brasileiro série B o mesmo não pode ser dito a nível estadual onde nos anos 80 a Desportiva sagrou-se campeã capixaba em 1980/81/84/86 e 1989.

As partidas grenás nos anos 80


Desportiva-ES 0x3 Uberaba-MG
27/02/1982 - Sábado 

Uberaba-MG 0x0 Desportiva-ES
06/03/1982 - Sábado

Desportiva 1x1 Goytacaz-RJ
26/02/1984 - Domingo

Goytacaz-RJ 0x2 Desportiva
28/02/1984 - Terça-feira

Desportiva 2x1 Comercial-MS
02/03/1984 - Sexta-feira

Comercial-MS 2X1 Desportiva 
nos pênaltes Comercial 5x4 Desportiva
10/03/1984 - Sábado

Central 2x1 Desportiva
06/09/1986 - Sábado

Goytacaz 1x2 Desportiva 
10/09/1986 - Quarta-feira

Desportiva 0x0 Catuense
14/09/1986 - Domingo

Desportiva 1x2 Americano
21/09/1986 - Domingo

Fluminense-BA 1x1 Desportiva
24/09/1986 - Quarta-feira

Desportiva 1x0 Taguatinga
28/09/1986 - Domingo

CRB 1x0 Desportiva
01/10/1986 - Quarta-feira

Desportiva 3x0 Confiança
05/10/1986 - Domingo

Itaperuna 3x1 Desportiva
09/09/1989 - Sábado

Desportiva 0x2 Americano
13/09/1989 - Quarta-feira

Rio Branco 2x1 Desportiva
16/09/1989 - Sábado

 Desportiva 2x1 Cabofriense
 23/09/1989 - Sábado

Colatina 1x2 Desportiva    
30/09/1989 - Sábado

Desportiva 1x0 Itaperuna
06/10/1989 - Sexta-feira

Americano 5x0 Desportiva
11/10/1989 - Quarta-feira

Desportiva 0x0 Rio Branco
14/10/1989 - Sábado

Cabofriense 1x0 Desportiva
21/10/1989 - Sábado

Desportiva 0x2 Colatina
28/10/1989 - Sábado



Estádio Ary de Oliveira,onde a Desportiva se sente em casa




1999 a 2001...

Já jogando a série B com a alcunha de Desportiva Capixaba nunca conseguimos repetir o sucesso da Desportiva Ferroviária, acumulando 3 fracassos e o rebaixamento para série C desde então não voltamos mais a jogar a série B do brasileiro novamente...

Em 1999 com um time repleto de garotos apenas duas vitórias em 21 partidas
 2x0 no  Paysandu-PA 16 de setembro  4x0 no Londrina-PR 24 de novembro ambas no estádio Araripe...
Desportiva 2x0 Paysandu




















Em 2000 outra participação vexatória...4 vitórias em 17 partidas...as  únicas vitórias foram 
Desportiva 1x0 Vila Nova-GO em 9 de agosto no estádio Engenheiro Araripe
Desportiva  3x2 no Fortaleza-CE em 23 de agosto estádio Engenheiro Araripe
Desportiva  3x0 no Bandeirante-DF em 3 de outubro estádio Engenheiro Araripe
 Nacional-AM 1x2 Desportiva  em 16 de agosto em Manaus.
Desportiva 3x2 Fortaleza

Nacional 1x2 Desportiva






























2001 foi o ano de despedida da série B mesmo, não foi nem de longe oque a Desportiva e seu torcedor estavam acostumados a ver...chegamos a liderar o campeonato algumas rodadas após 4 vitórias seguidas no meio da disputa porém no final a Desportiva Capixaba perdeu forças e faltou fôlego e terminamos rebaixados para série B,ali começava verdadeiramente o inferno astral da torcida,após este rebaixamento nunca mais fomos a mesma equipe as vitórias foram 

Desportiva  1x0 Figueirense-SC                     12 de agosto no Engenheiro Araripe
Desportiva 3x0 Bragantino-SP                       22 de agosto no Engenheiro Araripe
Malutron-PR 1x2 Desportiva                         29 de agosto em Curitiba
Desportiva  2x1 no XV de Piracicaba-SP        02 de setembro no Engenheiro Araripe
Desportiva  1x0 Vila Nova-GO                      26 de setembro no Engenheiro Araripe
Desportiva 2x1 Americano-RJ                       10 outubro  no Engenheiro Araripe
Bragantino 1x2 Desportiva                            14 de outubro  em Bragança Paulista
Desportiva 2x0 Joinville-SC                           17 de outubro no Engenheiro Araripe
Desportiva  2x0 Malutron-PR                        21 de outubro no Engenheiro Araripe
Desportiva 1x0 Figueirense






http://ferroviariaes.blogspot.com.br/2013/03/indice-com-o-menu-do-blog-da-desportiva.html 
todas as postagens do blog