Translate

23 de setembro de 2013

Desportiva Brasileiro série B 1997

Em 1997 a Desportiva seguia criando e vendendo craques, a base era uma fábrica que parecia inesgotável de ótimos jogadores, no estadual de 97 a Tiva não levou o bicampeonato, e para a série B  levaríamos a campo uma equipe muito diferente da que jogou a série B de 1996...Começamos ela sem Tico Mineiro por exemplo que veio já com a disputa em andamento, a forma de disputa de 1997, 25 equipes divididas em grupos com 5 cada, o mesmo regulamento de 96, os 3 primeiros avançam de fase mais  o 4º melhor colocado, o ultimo de cada grupo é rebaixado direto a série C 1998

No elenco Luís Carlos, Silvério, Paulo Renato, Glaedson, Cláudio Gomes, Mauro Botelho, Edson Cavalini, Rossato, Beto, Mauro, Geovani, Tico Mineiro(chegou com a série B em andamento) eram os nomes mais tarimbados do elenco além do já conhecido Cosme Eduardo dirigindo a equipe no banco de reservas.


Nosso grupo  foi o grupo D , ao nosso lado Ponte Preta/SP, Americano/RJ, Botafogo/SP e Goiatuba/GO, uma novidade era que a série B deste ano era transmitida ao vivo para todo Brasil pela TV Bandeirantes.


No dia 10 de Agosto em Ribeirão Preto estreamos contra o Botafogo, perdemos por 2x0 era muito difícil para a Desportiva montar um time competitivo para aquela disputa pois vários jogadores saíam do time mas não tinha reposição a altura devido a crise nas finanças da equipe.


Na partida seguinte jogando em casa  diante do Goiatuba com transmissão para todo país, essa partida foi dura...dura de assistir, a Desportiva por ser uma equipe que oscilava muito de uma partida para a outra as vezes tinha desempenho bem a baixo, na Tiva Cláudio Gomes lateral direito e o craque Geovani voltando ao clube que o revelou e o atacante Robson, já com a série B em andamento vieram meia atacante Mauro e Tico Mineiro o mesmo do ano anterior que na mesma partida contra o Náutico  cobrou 3 pênaltis e converteu os 3 estes nomes eram as maiores novidades, muito pouco para uma equipe com pretensões brigar pelo acesso a elite, o placar da partida um 0x0 de dar sono em qualquer grená.


Conseguimos enfim vencer a primeira, contra o Americano no  Engº Araripe com um magro 1x0, a equipe começava a se acertar dentro de campo, mesmo perdendo para a Ponte Preta no Moisés Lucarelli por, 1x0 os donos da casa mereceram a vitória pois foram melhores o tempo inteiro e Luís Carlos evitou mais gols e quando não era Luís era a trave, porém até os 35 do segundo tempo a Desportiva que só se defendia foi pra cima e acertou a trave por duas vezes depois dos 40 do segundo tempo uma de cabeça após um escanteio outra com Mauro em uma pancada do lado direito do ataque grená  o time já jogava muito melhor era bem mais competitivo e combativo dentro de campo, esta foi mais uma partida ao vivo para todo Brasil.


O time para provar que estava muito melhor que antes na série B jogando dentro de casa derrotou a então líder Ponte Preta por 1x0, esta que foi o única derrota dos ponte pretanos na 1ª fase, a Tiva tomou gosto pela vitória e em Goiânia derrotou os donos da casa o Goiatuba por 1x0, este resultado  para desespero dos goianos selou o rebaixamento deles  para a série C 98.


Em Campos interior do RJ o empate em 0x0 contra o Americano garantiu de vez a Desportiva na fase seguinte e vejam como é o futebol, na ultima partida da 1ª fase  vitória grená por 2x0 diante do Botafogo/SP acabou  eliminando a equipe paulista que em 1998 nos deu o troco e tirou a  Tiva da 1ª divisão aos nos derrotar na ultima partida do quadrangular final.


A  2ª fase as 16 equipes classificadas.

Gama/DF, Atlético/GO, Tuna Luso/PA, Ceará/CE, Paysandu/PA, ABC/RN, CRB/AL, América/MG, Vila Nova/GO, Náutico/PE, Desportiva/ES, Ponte Preta/SP, Americano/RJ, Londrina/PR, Joinville/SC e XV de Piracicaba/SP foram as 16 equipes classificadas para o mata mata.

Nosso adversário não foi o mais indicado naquele momento, pois seria o forte América/MG que contava com jogadores experientíssimos em seu elenco, Boiadeiro ex-Grêmio, Pintado ex-São Paulo FC além do atacante Tupãzinho e o goleiro  Gilberto.

Nós tínhamos a vantagem de jogar duas das 3 partidas dentro de casa por ter feito campanha melhor que os mineiros porém oque a torcida da Desportiva não contava neste momento importantíssimo era a saída de Tico Mineiro e Rossato para o Botafogo/RJ pouco  antes da 1ª partida diante dos mineiros, Marcelo carioca  ex-Botafogo e Vasco veio para suprir essas perdas, logo qualquer leigo nota que 2-1 = 1...No caso da Desportiva podemos dizer que foi 2 a menos, afinal para um atacante que não conhecia o elenco nem o elenco conhecia a forma de jogar de Marcelo as coisas seriam complicadas demais, pois bem a Tiva foi até Belo Horizonte encarar o América e perdeu por 2x0...
Alerta já ligava nos lados do Araripe, empatando a partida seguinte por 1x1 obrigou a Desportiva derrotar o América por 2 gols de diferença, tarefa muito difícil afinal nosso ataque não passava por uma de suas melhores fases grande reflexo as  saídas de Rossato e Tico Mineiro. O resultado não foi nem dois gols de diferença muito menos a vitória, a Tiva  além de ser eliminada ainda perdeu por 2x1 dando adeus a série B 1997...A única coisa que a Tiva pode se gabar foi a melhor defesa daquela competição sofrendo apenas 8 gols em 11 jogos...

A campanha grená...

Foram 11 partidas, 4 vitórias, 3 empates, 4 derrotas, 7 gols marcados, 8 sofridos. Total de 15 pontos, a 12ª colocação entre 25 equipes e um dado importante Ponte Preta oriunda do nosso grupo e América/MG foram as duas equipes que subiram para a série A do ano seguinte, mostrando que mesmo em grandes dificuldades financeiras a Desportiva ainda assim honrava muito o nome do Espírito Santo em competições nacionais, e mostra também mais um velho problema grave do nosso estado a falta de apoio, como uma equipe que desde 1994 vinha batendo na trave quase subindo para a primeira divisão não era patrocinada por nenhuma empresa do seu estado??? muito simples o empresariado capixaba não gosta de investir no futebol capixaba nem quando o time é forte e esta ganhando e trás retorno.
=============================================



Botafogo/SP 2x0 Desportiva 10/08/1997 - Domingo
Desportiva 0x0 Goituba 21/08/1997 - Quinta-feira
Desportiva 1x0 Americano 24/08/1997 - Domingo
Ponte Preta 1x0 Desportiva 27/08/1997 - Quarta-feira
Goituba 0x1 Desportiva 31/08/1997 - Domingo
Desportiva 1x0 Ponte Preta 12/09/1997- Sexta
Americano 0x0 Desportiva 17/09/1997 - Quarta-feira
Desportiva 2x0 botafogo-SP 21/09/1997 - Domingo
América -MG 2x0 Desportiva 28/09/1997 - Domingo
Desportiva 1x1 América-MG 02/10/1997 - Quinta-feira



  Imagens da partida entre Desportiva x Ponte Preta em Campinas



   

Luís Carlos fazendo grande defesa em um ataque ponte pretano



As duas bolas na trave da Tiva no fim da partida a segunda foi a pancada de Mauro

Mauro marcando o gol da Tiva no 1x0 Ponte Preta

---------------------------------------------------------------------------------

Os palcos onde a Tiva se apresentou em 97 pela série B


Estádio Santa Cruz, Botafogo/SP

                                                   
Estádio Divino Garcia Rosa,Goiatuba/GO 

                                                    

Estádio Moisés Lucarelli,Ponte Preta-SP
        
 Estádio Godofredo Cruz,Americano-RJ
        
 Estádio Independência,América-MG

                                

E nosso Engenheiro Alencar de Araripe atual Arena Unimed/Siccob

                                     
Estádio Engenheiro Araripe atualmente



                                                 

 O manto grená de 1997 camisa titular






Luís Carlos um dos destaques em 97