Translate

16 de janeiro de 2014

Estádio Engenheiro Alencar Araripe a casa da Desportiva Ferroviária completa 48 anos!

Estádio em seu desenho clássico.



Estádio do Jardim,Araripe, Alçapão, Caldeirão são alguns dos apelidos dados ao Engº Araripe pela torcida grená, começou a ser construído no início da década de 60 e cresceu junto com o time da Desportiva...Este estádio que foi palco de muitos clássicos muitas partidas históricas, único estádio capixaba onde a seleção brasileira disputou uma partida oficial, e onde a Desportiva costuma dar muitas e muitas alegrias ao seu torcedor, dentro do Araripe a Tiva é sempre um time duríssimo de ser batido prova disto foram as 55 partidas sem derrotas dentro o Araripe na década de 60, localizado em Cariacica região da Grande Vitória o estádio fica em frente a estação ferroviária Pedro Nolasco, encravada  entre os municípios de  Vitória, Vila Velha e Cariacica, o estádio sempre foi um local de fácil acesso e conta com um terminal  de transporte coletivo o terminal de Jardim América a poucos metros do estádio, portanto chegar lá não tem segredo nem dificuldades para o torcedor seja de carro, de trem a pé ou ônibus. 

foto tirada de um avião

Pela série A do brasileiro temos Zezinho Bugre como o artilheiro maior do estádio com 15 gols, Botelho com 7 gols e Zuza com 6 gols são os 3 maiores marcadores.

O maior público foi em 1995 na partida Flamengo-RJ 0x1 Vitória-BA válida pelo campeonato brasileiro 27.600 pagantes.

O maior público da Desportiva foi em 1982 pelo brasileiro Desportiva 0x2 Atlético-MG 27,232 pagantes, em 1985 pelo campeonato capixaba na partida Desportiva 0x0 Rio branco o público foi de 27,010 pagantes, 1973 Desportiva 1x0 Flamengo-RJ o público foi de 24,363 pagantes, em 1977 Desportiva 0x2 Flamengo-RJ tivemos 23,642 presentes

Dia da inauguração do placar eletrônico 

Pelo brasileirão a Desportiva disputou 110 partidas no Araripe sendo 46 vitórias, 28 empates e 36 derrotas, 107 gols pró 105 gols contra, sem contar jogos de série B e  C do brasileiro e Copa do Brasil, além das outras equipes capixabas que usaram o Araripe como "casa",  Vitória em 1977, Linhares 1997 o Serra 1999 também tivemos e equipes de fora do Espírito Santo, Flamengo-RJ,Botafogo-RJ e Fluminense-RJ



O nascer do Araripe

primeira trave fixada no campo do estádio Araripe
     
A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) foi a grande responsável pelo capital da construção do estádio, afinal a Associação Desportiva Ferroviária Companhia Vale do Rio Doce era uma equipe composta por ferroviários da fusão de Valeriodoce, Associação Atlética Vale, Ferroviário Sport Club, Esporte Clube Cauê,Cruzeiro e Esporte Clube Guarany.


Primeira arquibancada de cimento do estádio  

O sonho começou a ganhar força quando José Himérico assumiu a presidência que tinha 2 anos de 

mandato, o seu foi no biênio 1965/66, o estádio de fato começava a ganhar forma, devido a influência de José Himérico o investimento por parte da Vale foi maior que nos anos anteriores, o gramado teria as seguintes marcações,110x75 metros com os alambrados construídos nas oficinas da Vale.




Tobogã por muito tempo o maior do Brasil 

Abaixo fala de Gabriel Inácio Vieira Machado 

engenheiro responsável pelas obras no estádio:
Desde as valas que servem de drenos e que cobrem em forma de uma "espinha de peixe" toda a sua faixa,até a ultima fase,que compreende a grama,tudo foi feito obedecendo a novos processos.Duas camadas de brita,uma grossa outra fina,foram colocadas acima das valas e sobre a brita fina uma na outra camada de terra vegetal,já em condições de receber a grama. Antes, porém a terra vegetal receberá adubagem química.A orientação nesse período foi dada pelo Dr.Lindolpho Gadelha por achar mais conveniente à saúde dos atletas, em relação a outros tipos de adubos. Este trabalho já está na fase final,carecendo apenas do término do plantio da grama,já em fase de conclusão
(texto retirado de um jornal local, Desportiva Ferroviária : Suplemento Especial Comemorativo, 3 de Outubro de 1995, este trecho usado também foi usado no livro Os trilhos da História, Bruno Marques).



Engenheiros na construção do Engenheiro 
O gramado teve uma pessoa ilustre contribuindo no seu plantio, Simonassi jogador da própria equipe da Desportiva, que em Santa Teresa antes de vir para a Tiva jogar trabalhou com agronomia, e essa ajuda foi perfeita afinal quem seria melhor que um atleta para essa fase...O estádio ganhou forma de fato quando foi fixada atrás de um dos gols uma arquibancada simples de madeira, e na lateral onde fica a  2ª ponte outro lance de arquibancadas, feita com algumas peças de trilhos, o estádio já poderia ser chamado assim então de estádio comportando 2,500 pessoas sua inauguração se deu em 16 de Janeiro de 1966 e o nome oficial Engenheiro Alencar Araripe foi uma homenagem a um engenheiro da Vale que tinha o nome de Delecarliense de Alencar Araripe,o mesmo havia sido superintendente da estrada de ferro Vitória-Minas e chegou a diretor da Companhia Vale do Rio Doce (1945/1961).




Primeiros traços da arquibancada de cimento  



Araripe a Inauguração 16 de janeiro de 1966

A partida de inauguração foi entre Desportiva Ferroviária e América-RJ, o time carioca era uma das grandes forças do futebol brasileiro e ainda por cima contava com um ídolo grená no elenco o lateral Diogo que fez muito sucesso na Tiva, que por isso recebeu até uma homenagem da diretoria da Desportiva, a musa Aurora Romano foi quem deu o pontapé inicial do estádio Engenheiro Alencar Araripe, o placar não foi nada agradável, a derrota por 3x0 não estava nos planos de ninguém pelo lado grená, as redes do Araripe foram inauguradas as avessas quando Roberto Almeida marcou contra, 1x0 América, a Desportiva chegou a empatar , mas a arbitragem errou feio e invalidou o gol de Bezerra, a partida seguia franca até os 35 minutos da segunda etapa quando Zezinho marcou 2x0 e o mesmo aos 43 fez o 3 fechando assim o placar, o Araripe era inaugurado de uma forma meio que melancólica com gol contra e derrota, oque foi apagado rapidamente com a campanha no torneio seguinte com a Desportiva goleando todo mundo no estadual e se tornando campeã de forma invicta...

Escalação da Desportiva foi a seguinte:

Adjalma;Azul;Mateus;Roberto Almeida;Earl.Wilson;Fausto;Arinos;Maurélio,Silvinho e Bezerra,Xavier,Umberto Monteiro;Sominassi;Alcione e Edson Flecha Negra entraram com a partida sendo jogada.
Equipe bi campeão estadual 64/65 no terreno onde está hoje o estádio Engº Araripe


Primeira partida em competições oficiais

No ano de 1966 veio a primeira partida em competições oficiais onde a Desportiva derrotou o Vitória por 2x1 em 6 de Fevereiro, a prova de que a Desportiva era um time praticamente imbatível na sua casa foram os títulos de campeã capixaba 1965 e da Taça Cidade de Vitória em 1966 ambos de forma invicta. E o Araripe nem havia sido totalmente terminado, em 9 de Novembro de 1966 foi levantada a primeira torre de iluminação, Antônio Lippi presidente de 1969/70 viu os testes de iluminação  cada milímetro do gramado foi iluminado e testado para ficar 100% igual a iluminação ficando assim uniforme" nada de "nuvens de sol" na iluminação grená.
Um outro ângulo diferente



A primeira partida noturna do Araripe

Já em 19 de Fevereiro de 1967 ocorreu o primeiro treino noturno no Araripe,e no dia 22 de fevereiro em 1967 em uma Terça Feira outro carioca foi o convidado para uma inauguração no nosso estádio desta vez foi o poderoso Fluminense desta vez a equipe capixaba não deu chances e aplicou 2x0 no visitante,havíamos aprendido a lição Silvinho e Dennison marcaram os escores grenás.


Apagar das luzes após mais uma vitória da Tiva 3x1 Linhares em 2013


As arquibancadas

Em 1967 veio também o primeiro  lance de arquibancadas de cimento,onde hoje ficam as cabines de transmissão no bairro Jardim América ,lá também ficavam vestiários,restaurante.enfermaria,quartos e salas um espaço muito amplo e bem aproveitado,de 67 até 1969 as arquibancadas de madeira foram substituídas por arquibancadas se cimento,o estádio era uma coisa linda,uma das maiores estruturas do país naquele tempo...neste período uma história viva da Desportiva se aposentou Adjalma nosso eterno goleiro e ídolo,o goleiro esteve no primeiro time capixaba a pisar no Maracanã,em 1955 pelo Santo Antônio diante do Flamengo,enfrentou o Botafogo com Garrincha e companhia e o Santos de Pelé,quando se fala em história da Desportiva sempre sitaremos "Seu Adjalma" um senhor de fala mansa,fácil de se enturmar,é o tipo de boa praça que não cria inimigos durante sua vida...não tem como não gostar dele,durante 35 anos "seu' Adjalma foi o administrador do estádio Engenheiro Araripe.
A Desportiva seguia imbatível e venceu mais um torneio de forma invicta o capixaba de 1967 também veio sem nenhuma derrota...e foi nesta época também que a locomotiva grená assombrava o país ais ficar incríveis 51 partidas sem derrota...Paulo Emílio era o treinador armou uma máquina grená que atropelava oque entrava na sua frente...
abaixo as partidas do 3º maior período sem derrotas,só  perdendo para Botafogo e Flamengo 52 partidas.


Panorâmica vista do antigo tobogã

O ano de 1967 a Desportiva  perdeu apenas uma única vez  dentro da casa 3x2 para o América-MG em amistoso no mês de Fevereiro,após isso não perdeu mais em 67



1967
Desportiva 1x0 Botafogo-RJ  amistoso                    23/jul
Taça Cidade de Vitória 1967 
Desportiva 6x0 Cachoeiro amistoso                         04/03
Desportiva 3x0 Democrata G.Valadares amistoso   18/mar
Desportiva 5x2 Corinthians-ES amistoso                  01/abr
Desportiva 2x1 Santos-ES amistoso                         08/abr
Desportiva 7x0 Santo Antônio-ES amistoso              21/abr
Taça Cidade de Vitória 
Desportiva 4x1 Corinthians-ES                                  27/abr
Desportiva 1x1 Bom Sucesso-RJ amistoso               01/mai
Taça Cidade de Vitória 
Desportiva 2x1 Caxias                                               07/mai
Desportiva 1x1 Vitória-ES                                          14/mai
Desportiva 4x0 Americano                                         21/mai
Desportiva 1x1  Santos-ES amistoso                         28/mai
Desportiva 4x2 Guarapari amistoso                           02/jun
Taça Cidade de Vitória 
Desportiva 2x1 rio branco                                      11/jun
Taça Cidade de Vitória 
Desportiva 3x0 Atlético-ES                                  18/jun
Desportiva 0x0 Americano amistoso                     24/jun
Desportiva 5x0 São Cristovão-RJ amistoso           06/jul
Taça Cidade de Vitória 
Desportiva 3x1 Santo Antônio                              14/jul
Taça Cidade de Vitória 
Desportiva 2x0 Caxias                                         20/jul
Desportiva 1x0 Botafogo-RJ amistoso                  23/jul 
Taça Cidade de Vitória 
Desportiva 3x0 Atlético-ES                                 26/ago
Taça Cidade de Vitória  
Desportiva 1x1 rio branco                                   03/set
Desportiva 1x0 São Cristovão-RJ amistoso           17/set
Taça Cidade de Vitória 
Desportiva 3x1 Santo Antônio                              20/set
Desportiva 4x0 caxias                                          23/set
Desportiva 6x1 Tupy amistoso                             03/out
Desportiva 0x0 Vitória-ES                                    08/out 
(*Desportiva campeão triangular Taça Cidade de Vitória)

Campeonato estadual 1967 
Desportiva 5x1 Muqui                                         29/out
Desportiva 4x1 Santo Antonio                              09/nov
Desportiva 2x0 Vila Nova                                    26/nov
Desportiva 7x0 Castelo                                        29/nov
Desportiva 1x0 Vitória                                         10/dez
*Desportiva 1x0 rio branco                                  17/dez
(* jogo do título estadual da Desportiva) 
Desportiva 3x1 Seleção Carioca amistoso              21/dez
Desportiva 2x0 Botafogo-BA amistoso                  28/dez
1968
Torneio amistoso 

Desportiva 1x0 rio branco                                     03/fev




O quadrangular foi entre Desportiva,Rio Branco,Vasco-RJ e América-RJ

*(lembrando que pelo torneio início Desportiva 1x0 Atlético-ES,Desportiva 1x0 Corinthians,Desportiva 2x0 Santo Antônio,pelo torneio início não foram adicionadas a lista por não serem partidas completas,geralmente eram 45 minutos cada partida.)


Arquibancadas das cabines de transmissão de TV e rádio


A cobertura

O estádio seguia recebendo suas melhoras em meados de 1968 veio a cobertura da arquibancada,que na verdade era uma escola no caso do lance junto a 2ª ponte,o colégio Eliezer Batista foi construído e junto a ele a arquibancada que na época a Vale não queria faze-la,mas a diretoria foi esperta e com essa manobra de colégio e arquibancada conseguiu a construção desta parte,porém outra grande prova de que a Vale estava satisfeita com o estádio foi que mudaram o projeto inicial que era o estádio em forma de ferradura,avançando uns anos em 1973 veio o tobogã(que durante vários anos foi o maior do país) e a geralzinha" do lado onde fica a estação Pedro Nolasco,foram instaladas também as cadeiras de sócios.




Panorâmica onde fica o placar eletrônico lado da estação Pedro Nolasco


A primeira partida internacional

A princípio quando fiz esta postagem primeira partida internacional do estádio Araripe registrada era contra o CSKA Sofia o então campeão da  Bulgária em 7 de Fevereiro de 1971, porém foi descoberto através de pequisas minhas na FES uma partida 
anterior , ocorrida em 21 de novembro de 1969, esta sim foi a primeira partida  internacional do Araripe, Desportiva enfrentou a seleção  africana de Gana, e venceu por 2x1, Sergio Alonso marcou 1x0 aos 15 minutos e Jones Attuquair empatou ao 24, mas aos 25 Alfredo fez o 2º, todos gols no primeiro tempo. 
Contra o CSKA a vitória foi grená por 1x0 gol marcado por Nilo aos 44 minutos de jogo,era sua estréia na equipe,a partida também foi importante não só pela partida internacional mas porque Maurélio ídolo grená fez sua ultima partida encerrando sua carreira em grande estilo.
Em 1974 a Desportiva em mais um amistoso internacional derrotou o Young Africans da Tanzânia e venceu por 3x0,antes disso a Tiva estreou em competições nacionais dentro de sua casa a estréia foi com um 2x0 no Sergipe em 24 de Agosto de 1973 Zezinho Bugre e Juci marcaram na 1ª vitória de um capixaba na elite do brasileiro,e dia 25 de Agosto é realmente uma data especial para a Tiva pois a 10 anos atrás  em 1963 a Desportiva vencia sua primeira partida oficial 2x1 diante do Santos Aribiri de Vila Velha.
Foi ali neste estádio também que aplicamos a maior goleada de nossa história, 11x0 São Silvano pelo campeonato capixaba em 29 de Junho de 1975 Guará 3 vezes,Evandro 2 vezes ,Arnaldo Foguete 2 vezes,Déo e Suingue marcaram.



                         Vídeo com os gols Brasil 3x1 Polônia


A seleção do Brasil no Araripe

Em 1996 a seleção brasileira fez sua única apresentação oficial em solo capixaba na partida Brasil 3x1 Polônia o estádio Engenheiro Araripe.
Brasil 3 x 1 Polônia
26/06/1996
Local: Estádio Engenheiro Araripe
Cidade: Cariacica, ES
Árbitro: José Maria Aranda Encimar (Espanha)
Técnico: Zagallo
Brasil: Danrlei (Dida), Zé Maria (Zé Elias), Aldair, Ronaldo Guiaro (Narciso) e Roberto Carlos; Flávio Conceição, Amaral, Rivaldo e Juninho; Bebeto e Ronaldinho (Marques) (Luizão).
Gols: Dubika(Pol) aos 15,Bebeto(Bra) aos 33 do 1º tempo,Narcísio(Bra) aos 15 e Bebeto(Bra) aos 40 do segundo tempo

Desportiva no capixaba 2013 Desportiva 2x1 Aracruz  

O Araripe é nosso

Em 1998 o estádio Engº Araripe realmente de fato passou a ser da Desportiva Ferroviária,a Vale já não investia no futebol como nos  anos anteriores,na verdade nos últimos anos o investimento chegava a 0..e depois ainda veio a maldita privatização isso encerrou de vez a parceria de sucesso Desportiva-Vale do Rio Doce...
torcedor ama e defende sua equipe dentro e fora do estádio


♫♫Defendemos do leilão a nossa sede♫♫

Em 2012 durante uma partida do estadual em que a Desportiva foi campeã e retornou a primeira divisão capixaba a torcida grená foi pra rua e mostrou sua força e engajamento político no clube protestou contra venda do Araripe,mostrando ao capixaba oque estava acontecendo lá,lembrando que o estádio Engenheiro Araripe foi tombado pela Prefeitura de Cariacica em 2008, como patrimônio histórico e arquitetônico do município por tanto não podendo ser demolido,isso afastou vários interessados no estádio que não tinham o mínimo interesse de usa-lo para futebol,a torcida conseguiu o estádio não foi mais a leilão,e no momento existe a parceria entre Desportiva Ferroviária e Unimed onde se criou a Arena Unimed/Siccob onde uma parceria de 5 anos e investimentos de 2 milhões o gramado padrão FIFA,placar eletrônico o primeiro do Espírito Santo e o clube se restruturando novamente para enfim voltar a ser grande como nos anos 60,70,80 e 90.




Arinos,Silvinho e Diogo(1965) 3 dos primeiros craques jogar bom futebol no Araripe



Craques 

Vários craques já desfilaram seu bom futebol no gramado verde do Araripe sendo pela Desportiva ou pelos adversários, pela Tiva Geovani, Zezinho Bugre, Diogo, Luizinho, Mário Matador, Léo Oliveira, Mauro Soares, Suemar, Suingue, Edalmo, Adjalma,Célio, Maurélio, Evandro, Edmar, Enéas, Cunha, Botelho,Welder,Fábio Augusto, Jorcey, Luis Carlos, Zé Afonso, Orlando, Paulinho Pimentel, Tico Mineiro, Deo, Elci, Juci, Zuza, Zé Rios, Toninho são apenas uns e vários nomes  que não cabem nesta lista de tão grande.

 Pelos adversários não podemos esquecer que também temos uma grande seleção...Sávio que foi cria da casa revelado pela Desportiva, Dida, Rivaldo, Rivelino, Reinaldo, Ronaldo Fenômeno, Bebeto, Luizão, Paulo César Caju, Zico, Andrade,Washington(estes ultimos 2 campeões capixabas pela Tiva em 92), Ademir da Guia, Marinho Chagas, Romário, Cláudio Adão(encerrou sua carreira profissional na Tiva), Rondinelli, Júnior, Wladimir, Roberto Carlos, Clodoaldo, Emerson Leão, Zico e tantos outros nomes.

          Alguns momentos da Tiva em 2013








No dia em que completa 48 anos o Araripe começou a receber o gramado padrão FIFA que só contribuirá com o bom futebol grená

plantio do gramado


plantio do gramado


plantio do gramado


plantio do gramado


                                    
Abaixo o Araripe em vários momentos


Araripe em 2013

Desportiva x Figueirense Copa do Brasil 2014

Desportiva x Figueirense Copa do Brasil 2014

Desportiva x Figueirense Copa do Brasil 2013


Final capixaba 2013 Desportiva x Aracruz


extinto tobogã



Final Copa ES 2008 Desportiva x rio branco



Desportiva x Náutico brasileiro série B 1996



Desportiva x Atlético-AC Copa do Brasil 2013

Desportiva x rio branco capixaba 2013


Desportiva x rio branco capixaba 2013

Desportiva x rio branco Copa ES 2011


Desportiva Copa ES 2012


Desportiva brasileiro série B 1998




local de instalação placar eletrônico


placar eletrônico instalado


Araripe no ano de 2010


Araripe no ano de 2010 imagem do extinto tobogã


Copa ES 2008 final Desportiva x rio branco


Araripe em 2012


Copa do Brasil 2013 Desportiva x Atlético-AC 


Copa do Brasil 2013 Desportiva x Atlético-AC 


Copa do Brasil 2013 Desportiva x Atlético-AC 


Desportiva x Aracruz capixaba 2013


Desportiva x Aracruz capixaba 2013


Araripe em 2014


Torre de iluminação inaugurada em 1966


Desportiva x rio branco capixaba 2013


Araripe em 2013


Araripe em 2011


maior tobogã do Brasil por muitos anos


Desportiva 2x1 Aracruz capixaba 2013
fachada do Araripe entrada principal 2010


fachada em 2014


2014 já com os escudos da Desportiva pintados





Araripe na partida Brasil  x Brasil sub-20
Araripe em 2014


Araripe 2014


Gramado após as primeiras podas


2014 poda do gramado

CT de treinamento da Desportiva
CT de treinamento da Desportiva