Translate

26 de maio de 2014

Desportiva na marca da cal...

Nesta postagem o assunto será sobre a Desportiva Ferroviária em disputa de pênaltis, foram levantados 24 ocasiões em que os pênaltis decidiram o vencedor, em 9 vencemos . Sua primeira disputa  de pênaltis já aconteceu logo em sua estréia nos gramados, que  foi em 1963 em 7 de julho pelo Torneio Início, após um empate em 0x0 contra o Vitória a Tiva acabou perdendo por 2x1. Em 1964 pelo Torneio Início novamente mais duas disputas, a primeira diante do Vitória após 0x0 a Tiva levou por 5x4 devolvendo a derrota de 63 mas na final após outros 0x0 derrota por 3x1 para o rio branco.



Nosso goleiro na decisão
Mas a que realmente conta é a de 1964 no campeonato estadual diante do rio branco, pois eram apenas partidas de 20 minutos do Torneio Início  não tendo aquela adrenalina de uma partida oficial, o jogo foi para decidir quem seria o campeão do returno do estadual de 1964, esta é até hoje a maior partida entre Desportiva e rio branco  nestes 50 anos de rivalidade, foram mais de 135 minutos de jogo, no tempo normal 1x1 no placar, veio a prorrogação com mais dois tempos de 15 minutos, quando o rio branco marcou 1x0 na prorrogação aos 15 do segundo tempo ali parecia tudo acabado,mas não no futebol a Desportiva ainda teve forças para empatar com Simonassi novamente em 1x1 como foi no tempo normal. Eis que foram para mais 15 minutos de prorrogação, ou seja 90 minutos de tempo normal e mais 60 de prorrogação enfim acabou a maior partida da história do futebol capixaba, a decisão seria nos pênaltis. Naquela época não eram 5 cobranças alternadas igual é hoje,era apenas um jogador de cada equipe contra o goleiro adversário, nosso goleiro era Juca que substituía Adjalma machucada ainda com o tempo normal de bola rolando, e foi justamente ele quem levou a Tiva a chegar em sua primeira vitória nas disputas de pênaltis ao defender duas cobranças com a Desportiva vencendo por 2x1, com isto dando o título do returno e vaga na final contra o mesmo rio branco que mais tarde seria derrotado vendo bem de perto a Desportiva levantar seu 1º troféu de campeão estadual.

Em 1968 nova disputa pelo Torneio Início desta vez contra o Caxias, 0x0 no tempo normal e derrota por 1x0 nos pênaltis.

A próxima disputa que se tem arquivos ocorreu apenas em 1975 pelo Torneio Roque Reis e foi contra o Atlético-PR, na disputa de 3º e 4º lugares  depois do empate em 1x1 no tempo normal a Tiva caiu ao perder por 4x3.



No estadual de 1982 Desportiva e Colatina batalharam por 3 vezes para decidir o campeão da 1ª fase, as 3 partidas em Colatina, na 1ª em 13 de agosto 0x0 , na 2ª em 15 de agosto  1x1 e na terceira partida em 18 de agosto  o 0x0 se repetiu tanto no tempo normal quanto na prorrogação, e na disputa de pênaltis como apenas Edmar e Raul converteram a Tiva acabou sendo derrotada por 4x2.


Pela série B de 1984 a Desportiva desta vez caiu diante do Comercial-MS, após vencer a partida de ida por 2x1 no Araripe em 2 de março, a Tiva acabou perdendo pelo mesmo placar no Mato Grosso do Sul e nas penalidades  a vitória acabou sendo para o rival ao marcar 5x4 na gente.


Na série B do brasileiro de 1988 uma novidade, não existiu empates, pois todas as partidas com este resultado seria decididas nos pênaltis, lá estava a Tiva empatando com o Porto Alegre-RS em casa por 2x2 e perdendo nos penais por 3x2, era uma sina de não sair vitoriosa nos pênaltis, sina que seguiu contra o Tupi-MG, perdemos por 7x6 depois de empatar no tempo normal em 1x1. A sina teve fim na partida diante da Cabofriense-RJ em 9 de novembro no Araripe após novo 1x1 a Tiva finalmente sai vitoriosa nos pênaltis ao vencer por 3x2, prova disso foi que nas duas  partidas seguintes, uma no  no Sul do país derrotamos o Esportivo-RS em um eletrizante 9x8 depois de não sair de um 0x0 no tempo normal, e em casa depois de 1x1 no tempo normal marcamos 4x2 no Volta Redonda-RJ.

Capixaba de 1989 seguiu o regulamento do brasileiro, empate era pênaltis...Contra o Guarapari no Davino Mattos empate em 1x1 e nos pênaltis deu Desportiva 5x4. Diante do Ordem e Progresso em Bom Jesus do Norte acabamos por perder por 5x3. Os 3x1 para o Colatina em casa na partida seguinte não era esperado ainda mais depois de empatar em 2x2 no tempo regulamentar.
Vitória por 4x3 contra o Ibiraçu e derrota por 4x2 para o Estrela em Cachoeiro e 4x3 para o rio branco  na partida seguinte foram as outras partidas decididas nos pênaltis, no quadrangular final que não havia mais  decisão no pênaltis após empates  a Tiva venceu 4 e empatou duas se sagrando campeã capixaba de 1989.
No estadual dos pênaltis a Desportiva foi a campeã


Tico Mineiro destaque desta partida
Brasileiro de 1996 uma das partidas mais emocionantes da história da Desportiva Ferroviária foi nossa ultima disputa de pênaltis, precisando devolver o 2x1 sofrido  em Recife Pernambuco no dia 20 de outubro, a Desportiva partiu para cima do Náutico e atacou levando perigo no 1º tempo principalmente  com Tico Mineiro mas  o placar terminou em 0x0, e foi justamente em bola perdida por ele que os visitantes abriram o placar , agora a Tiva precisaria virar a partida para pelo ao menos levar para os pênaltis o 1x0 não durou muito tempo pois Tico Mineiro foi calçado na área pênalti que ele bateu e marcou o empate após muitas reclamações do adversários. Logo depois Glaedson de falta acertou o travessão em cobrança frontal, neste momento a virada era questão de tempo e veio através de outra cobrança de pênalti outra vez Tico Mineiro...2x1 novamente muitas reclamações dos adversários, este placar seria o placar final da partida com isso a  decisão seria mesmo nos pênaltis e lá foram Desportiva e Náutico para a grande decisão...



Náutico é quem começa
                  
Robson  quem começa e marca      (1x0)

Paulo Renato bate e empata para a Tiva (1x1)

Marcos Paulo bateu e fez   (2x1)

Morelato pela Tiva é o primeiro a perder mandando  para fora (2x1)

João  Marcelo bate e Luiz Carlos defende (2x1) 

Erick faz o seu e deixa tudo igual novamente (2x2)

Luís Simplício cobra e marca o dele, Luís Carlos goleio grená sempre chega perto de defender (3x2)

Glaedson manda para fora a 4ª cobrança o Náutico fica perto da vaga (3x2)

Izael estava a um gol de classificar o Náutico, mas Luís Carlos defende (3x2)

Tico Mineiro marca fechando a primeira série em (3x3)

Fernando bate e coloca o Náutico na frente (4x3) 

Juca marca, nessa série quem perder já eras (4x4)  

Junior Paraíba cobra e faz (5x4)

Alex Santana bate forte média altura e Jeferson defende decretando a vitória dos adversários por 5x4...Esta foi nossa ultima disputa de pênaltis desde então.




A ultima disputa de pênaltis da Desportiva foi em 2014 contra o nosso maior rival, o jogo foi válido pelo 1º desafio preto e grená, disputa em parceria das duas equipes visando fortalecer o maior clássico do estado fazendo esta disputa todos os anos, a idéia é pelo menos duas disputas por ano, antes do capixaba e da Copa ES.  O jogo foi emocionante, nervoso, brigado, jogadas violentas como a cotovelada de Leandro Morais em Kelvin lateral grená logo aos 14 minutos de jogo, com um a mais a Desportiva dominou a partida mas não soube aproveitar a vantagem numérica, muito por conta do rio branco não sair da defesa ou sair sempre no chutão tentando ligação direta, a partida terminou mesmo sem gols apesar de as duas equipes acertarem a trave uma da outra.
 Nas cobranças o grande destaque foi o goleiro Felipe da Desportiva  que defendeu duas cobranças, de Anderson Sorriso ex-Desportiva autor do gol do título do campeonato estadual 2013, que deu declarações que daria a vida para vencer esta partida, não jogou nada bem, provando que futebol é jogado não falado, e quem entra pilhado demais acaba não rendendo oque sabe de verdade,  e de Robert Gladiador. Do lado grená a Desportiva foi perfeita, marcou as quatro cobranças com Márcio Tuta, Júlio César, Tatá e Kelvin, Desportiva 4x2 e mais um título.

  

A disputa mais recente foi em 8 de setembro, data em que a cidade de Vitória completou 463 anos,  e na disputa da Taça Unimed Vitória, após um dramático empate em 2x2 com o Serrano/BA onde a Tiva perdia por 2x1 até os 47 do segundo tempo, a disputa foi para os penais, e lá outra vez brilhou a estrela de Felipe ao defender a primeira cobrança, e a perfeição de nossos cobradores ao converter todas as cobranças,

As 24 disputas de pênalte em que a Desportiva participou

Data : 7 de julho de 1963
Campeonato : Torneio Início
Placar tempo normal: Desportiva 0x0 Vitória-ES
Pênaltis : Vitória 2x1 Desportiva


Data : 28 de junho  de 1964
Campeonato : Torneio Início 
Placar tempo normal : Desportiva 0x0 Vitória  
Pênaltis : Desportiva 5x4 Vitória


Data : 28 de junho  de 1964
Campeonato : Torneio Início 
Placar tempo normal: Desportiva 0x0 rio branco
Pênaltis : rio branco 3x1 Desportiva


Data :12 de julho de 1964
Campeonato : Capixaba
Placar tempo normal: Desportiva 1x1 rio branco         
Pênaltis : Desportiva 2x1 rio branco


Data : 31 de julho de 1965
Campeonato : Torneio Início
Placar tempo normal : Americano/ES 0x0 Desportiva
Pênaltis : Americano 1x0 Desportiva

Data : 01 maio de 1967
Campeonato : Capixaba de 1966 (jogado em 1967)
Placar tempo normal : Desportiva 0x0 rio branco
Pênaltis : Desportiva 2x3 rio branco


Data : 17 de março de 1968
Campeonato : Torneio Início 
Placar tempo normal:  Desportiva 0x0 Caxias
Pênaltis : Caxias 1x0 Desportiva

Data : 17 de dezembro de 1975
Campeonato : Torneio  Roque Reis 
Placar tempo normal: Atlético-PR 1x1 Desportiva
Pênaltis : Atlético 4x3 Desportiva


Data : 18 de agosto de 1982
campeonato : capixaba 
Placar tempo normal : Colatina 0x0 Desportiva
Pênaltis : Colatina 4x2 Desportiva

Data : 10 março de 1984
Campeonato :  Brasileiro série B
Placar tempo normal: Comercial-MS 2x1 Desportiva
Pênaltis : Comercial 5x4 Desportiva

Data : 30 de outubro de 1988
Campeonato : Brasileiro série B
Placar tempo normal: Desportiva 2x2 Porto Alegre-RS
Pênaltis : Porto Alegre 3x2 Desportiva

Data : 2 de novembro de 1988 
Campeonato :Brasileiro série B
Placar tempo normal: Desportiva 1x1 Tupi-MG
Pênaltis : Tupi 7x6 Desportiva

Data : 9 de novembro de 1988
Campeonato : Brasileiro série B
Placar tempo normal: Desportiva 1x1 Cabo Friense-RJ
Pênaltis : Desportiva 3x2 Cabo Friense

Data : 23 de novembro de 1988
Campeonato : Brasileiro série B
Placar tempo normal: Esportivo-RS 0x0 Desportiva 
Pênaltis : Desportiva 9x8 Esportivo

Data : 30 de novembro de 1988
Campeonato : Brasileiro série B
Placar tempo normal : Desportiva 1x1 Volta  Redonda
Pênaltis : Desportiva 4x2 Volta Redonda 

 Data : 23 de abril 1989
Campeonato : Capixaba
Placar tempo normal: Guarapari 1x1 Desportiva
Pênaltis :  Desportiva 5x4 Guarapari
        

Data : 21 de maio de 1989
Campeonato : Capixaba 
Placar tempo normal: Ordem e Progresso 0x0 Desportiva
Pênaltis : Ordem e Progresso 5x3 Desportiva

Data : 18 de junho de 1989 
Campeonato : Capixaba 
Placar tempo normal: Desportiva 1x1 Ibiraçu 
Pênaltis : Desportiva 4x3 Ibiraçu 

Data : 2 de julho de 1989
Campeonato :  Capixaba
Placar tempo normal: Desportiva 2x2 Colatina
Pênaltis :  Colatina 3x1 Desportiva


Data : 9 de julho de 1989 
Campeonato :  Capixaba 
Placar tempo normal: Desportiva 0x0 rio branco-ES
Pênaltis : rio branco 4x3 Desportiva


 Data : 27 de outubro de 1989
Campeonato : Capixaba
Placar tempo normal: Estrela 1x1 Desportiva
Pênaltis : Estrela 4x2 Desportiva
                  
Data : 27 de novembro de 1996
Campeonato : Brasileiro série B
Placar tempo normal: Desportiva 2x1 Náutico-PE
Pênaltis : Náutico 5x4 Desportiva

Data : 2 de agosto de 2014
Campeonato : Desafio preto e grená
Placar tempo normal : Desportiva 0x0 rio branco-ES
Pênaltis : Desportiva 4x2 rio branco

Data : 8 de setembro
Campeonato : Taça Unimed Vitória
Placar tempo normal : Desportiva 2x2 Serrano/BA
Pênaltis : Desportiva 4x2 Serrano

nossa fã page no Facebook
https://www.facebook.com/desportivaferroviariablog

Menu do blog ferroviariaes.blogspot.com.br/2013/03/indice-com-o-menu-do-blog-da-desportiva.html

postagem atualizada em 9 de setembro 2014