Translate

18 de janeiro de 2018

Desportiva Ferroviária inauguração de estádios

A Desportiva Ferroviária além de seu estádio o Engenheiro Alencar Araripe, já inaugurou mais outros três estádios, mas poucas pessoas sabem disso, até mesmo aquele torcedor mais saudosista desconhece estes fatos. Neste post vamos relatar os outros estádios em que a Tiva inaugurou!


Engenheiro Alencar Araripe
Inauguração 16 de janeiro de 1966
Cariacica, Espírito Santo
Desportiva 0x3 América-RJ
Desportiva Ferroviária : Adjalma, Azul (Humberto Monteiro), Mateus, Roberto Almeida (Alcione), Earl, Wilson, Fausto, Arinos, Maurélio, Silvinho e Bezerra. 
América : Ita, Luciano (Jorge), Alemão (Aldecir), Leonidas, Itamar (Heraldo), Fará, Jea (Tião), Maril (Miguel), Zezinho, Edu e Diogo (Eduardo).  
Aqui o Araripe em 1967
Inauguração :
Começando pela sua casa, o Araripe foi inauguração em  16 de janeiro de 1966, na partida entre Desportiva Ferroviária e América-RJ, o time carioca era uma das grandes forças do futebol brasileiro, um dos maiores do Brasil, e ainda por cima contava com um ídolo grená no elenco o lateral Diogo que fez muito sucesso na Tiva, Diogo (Eletelba) foi autor do gol da 1ª vitória sobre o Rio Branco maior rival em 1964 pela Taça Cidade de Vitória, Diogo recebeu até uma homenagem da diretoria da Desportiva, a musa Aurora Romano foi quem deu o pontapé inicial do Estádio Engenheiro Alencar Araripe.

O placar não foi nada agradável, a derrota por 3x0 não estava nos planos de ninguém pelo lado grená, as redes do Araripe foram inauguradas por um grená, mas foi as avessas, pois Roberto Almeida marcou contra, 1x0 América, a Desportiva chegou a empatar, mas a arbitragem de Wilson Rocha Lima errou feio e invalidou o gol de Bezerra que mudaria os rumos da peleja. A partida seguia franca até os 35 minutos da segunda etapa quando Zezinho marcou 2x0 e o mesmo aos 43 quando a Tiva se lançava toda ao ataque fez o 3 fechando assim o placar, o Araripe era inaugurado de uma forma amarga com gol contra e derrota, oque foi apagado rapidamente com a campanha no torneio seguinte com a Desportiva goleando todo mundo no estadual e se tornando campeã de forma invicta, um ano mais tarde a revanche foi recheada de gols em 29 de janeiro de 1967 com vitória grená por 5x4.

Estádio Juscelino Kubitschek J.K
Inauguração 09 de novembro de 1976
Manhuaçu, Minas Gerais
Atlético-MG 1x0 Desportiva Ferroviária

Interior do Estádio JK

Inauguração : No ano de 1976 a locomotiva grená participou de uma das partidas mais importantes da história de Manhuaçu cidade do interior de Minas Gerais, foi a inauguração do Estádio Juscelino Kubitschek.
O jogo ocorreu em 9 de Novembro de 1976 a partida foi entre Atlético-MG x Desportiva, a vitória foi da equipe mineira por 1x0, mas o resultado era um mero detalhe, oque importava mesmo era a festa da inauguração de um estádio que é para sempre. Não foi possível encontrar as escalações das  equipes, sabemos que no elenco da Tiva  jogavam vários craques que marcaram época com a camisa grená, Edmar, Zezinho Bugre, Orlando e Sérgio Alonso eram alguns nomes que até hoje estão em nossa história. As duas equipes mandaram times mesclados a campo pois estavam dando prioridade aos estaduais disputados naquele período. 

Aproximadamente 10 mil pessoas presenciaram  a inauguração do JK como é conhecido o estádio, a homenagem ao ex-presidente Juscelino Kubitschek falecido em 22 de agosto de 1976, esta homenagem a foi a 1ª ao falecido presidente, Manhuaçu completava 99 anos de emancipação político-administrativa. A obra era popularmente  chamada  de  "Getulião" em referencia a Getúlio Vargas prefeito da cidade naquele ano, a sugestão do nome foi dado por Lício de Assis vereador local.

O jornal Tribuna do Leste deu ampla cobertura ao evento que teve padre  José Martins da Silva abrindo a solenidade abençoando os presentes nesta data histórica. Para todos os envolvidos foi inesquecível e a Tiva está pra sempre na história de Manhuaçu por inaugurar o JK estádio oficial do município.

Estádio Murilo Badaró
Inauguração 21 de maio de 1982
Nanuque, Minas Gerais
Seleção de Nanuque 0x2 Desportiva

Inauguração :
Era sua 3ª inauguração de estádio e a Desportiva agora queria apagar a sina de não sair de campo com a vitória, e nesta partida enfim quebrou o tabu, Adevaldo por cobertura abriu o placar anotando o primeiro gol do Estádio Municipal de Nanuque "Badarozão", Sidney goleiro adversário tocou para seu defensor Lanche, Adevaldo foi mais rápido dando o bote tomando a bola e finalizando por cima de Sidney que estava fora da sua meta, 1x0 Tiva e assim foi até o fim da 1ª etapa. Na segunda etapa Vicente Paixão passou por Serginho lateral rival e finalizou forte no canto de Sidney decretando o 2x0 como placar final da partida, a Desportiva dirigida por Wilson Lima se deu ao luxo de poupar o time titular mandando a campo reservas pois estava focada no Campeonato Capixaba daquele ano. Segundo Jornal de Nanuque cerca de 15 mil pessoas estiveram presentes na inauguração do Badarozão, um dos motivos era que a Desportiva havia disputado a Série A do Brasileiro daquele ano e havia caído na repescagem quando enfrentou o Cruzeiro dentro do Mineirão perdendo por 1x0.

   
Imagem externa do Badaró em 1982




Estádio Municipal Vale da Esperança
19 de dezembro de 2015
Soído de Baixo, Marechal Floriano, Espírito Santo
Vale da Esperança 4x3 Desportiva (SUB-20)



Inauguração :
O time que mais revelou craques para futebol capixaba mandou sua equipe prata da casa para Marechal Floriano inaugurado o estádio local a convite do prefeito de Marechal. 
Os donos da casa chegaram abrir 3x1 no placar sobre a Desportiva Ferroviária, mas liderados por Rominho que marcou duas vezes e comandou o meio campo a Desportiva virou o jogo e venceu por 4x3 na abertura do Estádio. Sub-20 que era o atual Bicampeão Capixaba da categoria, o elenco contava por exemplo com jogadores como, Tião, Sávio, Brian, Lucas Valim, Heron e Rominho todos com passagem no time principal da Desportiva nos anos seguintes.