Translate

31 de março de 2016

Desportiva x Rio branco decisões


A dupla capixaba detentora do maior número de títulos do estado decidiram várias finais, veja aqui qual equipe leva vantagem nas finais diretas contra o rival.

A primeira de todas vale um registro mais detalhado. O ano é de 1965 mas o estadual é referente a 1964, Desportiva e Rio branco começam ali o primeiro capítulo da maior rivalidade do estado no futebol decidindo um título. Em 12 de julho de 65 a dupla decidi o 2º turno, o rival jogava para ser campeão antecipado pois era o campeão do 1º turno, a Desportiva era obrigada vencer esta partida e forçar a final daquele estadual. O clássico foi um dos maiores de todos os tempos, o Rio branco saiu na frente, resultado que lhes dava o título estadual, o 1x0 durou até os 40 do segundo tempo quando Diogo deixou 1x1 no placar com gol olímpico, fim do jogo no tempo normal, o  1x1 levaria a partida para uma prorrogação. Mais 15 minutos de partida, aos 12 o Rio branco volta pular na frente do placar com Gelsinho, já tinha rival comemorando o título, e agora restando 3 minutos oque fazer? a Desportiva foi pra cima e com Simonassi empatou tudo quase aos 15 minutos da prorrogação. Esse 2x2 obriga mais um tempo de 15 minutos que acaba sem gols, então agora é hora dos goleiros virarem protagonistas, naquele tempo as penalidades eram decididas por um jogador de cada time, Arinos pela Desportiva e João Francisco pelo Rio branco seriam os batedores, do lado grená, Juca que não era  titular seria o goleiro já que Adjalma havia se machucado durante a partida, Juca se tornou herói ao defender 2 pênaltis  e a Tiva vencer por 2x1 conquistando o título do returno forçando a final. O Rio branco entrou na justiça alegando que Vicente e Mateus disputaram  dois estaduais por equipes distintas no mesmo ano, o carioca no caso pois mesmo sendo em 65 o estadual correspondia ao estadual de 64, de início os mau perdedores venceram na justiça, porém umas duas semanas depois a Desportiva conseguiu resultado a seu favor e o resultado é mantido obrigando uma final em melhor de 3 pontos entre as equipes (a vitória valia 2 pontos). Lá a Desportiva venceu e dali em diante começava uma batalha por títulos entre os rivais.



Todas as decisões


Capixaba de 1964
Partida de ida
Desportiva 3x1 Rio branco 
Partida de volta
Rio branco 2x3 Desportiva 
Cunha, Maurélio e Bezerra marcaram para a Tiva, abrindo larga  vantagem para a volta. Mesmo podendo perder por um gol de diferença a Desportiva volta derrotar o rival e sacramenta primeiro título sobre eles. Na primeira final 1x0 Desportiva.

Capixaba 1967
Desportiva 1x0 Rio branco
Na segunda decisão entre as equipes a Tiva também venceu, em 67 os papéis se inverteram e a Desportiva jogava pelo título antecipado, e fez sua parte, com gol de Mateus venceu e conquistou o título de forma invicta, Desportiva 2x0 em finais.

Taça Cidade de Vitória 1968
Partida de ida
Rio branco 0x0 Desportiva
Partida de volta
Desportiva 2x1 Rio branco
3ª partida
Desportiva 1x0 Rio branco
A Desportiva jogava pelo empate e com gol de Fraga venceu e decretou o 3º título em finais sobre o maior rival. Desportiva 3x0 em finais.

Capixaba 1969
Desportiva 0x1 Rio branco.
Enfim o Rio branco pode comemorar um título sobre o maior rival, a vitória por 1x0 colocava 3x1 para a Desportiva em finais.

Taça Cidade de Vitória 1971
Partida de ida
Rio branco 0x0 Desportiva 
Partida de volta
Rio branco 0x1 Desportiva
3ª partida
Desportiva 0x1 Rio branco
Nesta competição a Desportiva jogava pelo empate para conquistar o tri da competição mas a experiência maior dos jogadores rivais pesou no fim. Agora ficava 3x2 em finais para a Tiva.

Capixaba 1971
Partida de ida
Desportiva 1x0 Rio branco
Partida de volta
Rio branco 1x1 Desportiva
3ª partida

Rio branco 0x1 Desportiva 
Neste que é sem dúvida o título mais sem graça do futebol capixaba o Rio branco chegou ao tetra campeonato no tapetão, é nítido o domínio incontestável dentro de campo da Desportiva nas finais, naquele estadual foram 5 partidas com 3 vitórias grenás, mas o tapetão e manobras políticas deram o título ao rival, título conquistado na Justiça Desportiva que puniu a Desportiva por escalação irregular de jogadores, como a Desportiva não aceitou refazer os jogos com os jogadores regulares o Rio Branco declarado campeão. Oque seria 4x2 em finais se tornou 3x3. 

Capixaba 1972
Partida de ida
Rio branco 0x1 Desportiva
Partida de volta
Desportiva 0x1 Rio branco
3º partida
Desportiva 0x0 Rio branco
A Desportiva tratou de voltar a ter vantagem em finais novamente, mordida pelo tapetão de 71 a Tiva fez melhor campanha e mesmo com um time bem mais jovem levou o título estadual. Tiva 4x3 em finais.

Capixaba 1973
Final ida
Desportiva 0x0 Rio branco
Final volta
Rio branco 2x0 Desportiva
Neste estadual o rival fez valer a melhor campanha e se aproveitou da obrigação da Desportiva de vencer e acabou conquistando o título. 4x4 em finais.

Capixaba 1974
Desportiva 1x0 Rio branco
As equipes sem enfrentaram pela última rodada do quadrangular, que se tornou a final do estadual pois apenas as duas equipes tinham chances de título, Evandro Leão do Jardim com gol olímpico decretou o título de 74. 5x4 em finais.

Capixaba 1975
Rio branco 1x0 Desportiva
O título agora foi para o rival deixando tudo igual novamente em finais 5x5.

Taça Governador Élcio Álvares 1976 
Desportiva 0x0 Rio branco 
A competição disputada por Desportiva, Americano/RJ, Fortaleza/CE e Rio branco, equipes eliminadas do Brasileiro  chegou com Desportiva e Rio branco  na última rodada brigando pelo título, se tornou uma final, a Tiva jogava pelo empate o rival tinha que vencer, o 0x0 valeu o título para a Desportiva. 6x5 em finais.

Taça Jones dos Santos Neves 1977
Rio branco 0x0 Desportiva
A exemplo do torneio anterior a última rodada colocava os rivais lutando diretamente pelo título, e a exemplo da Taça Governador o 0x0 deu o título a Desportiva, mas oque decidiu mesmo o título foram os 3x1 sobre o Rio branco fechando o turno. 7x5 em finais.

Capixaba 1977
Desportiva 1x0 Rio branco
A Desportiva vinha de uma reformulação muito grande, o Rio branco era o favorito, mas em clássicos isso não existe e com gol de Zambi  a Tiva conquistou mais um estadual, e a arrogância dos rivais que se declaravam favoritos ao título acabava com o vice melancólico. 8x5 em finais.
Partida de 1983
Capixaba 1983
Partida de ida
Desportiva 0x0 Rio branco
Partida de volta
Rio branco 1x1 Desportiva
3ª partida
Rio branco 1x0 Desportiva 
Foram quase 10 anos sem derrotar o rival em finais, agora 8x6 em finais.
Partida de 1984






Capixaba 1984
Desportiva 2x0 Rio branco
Última rodada do quadrangular final Desportiva jogava pelo empate para ser campeã, Rio branco era obrigado vencer para chegar ao título, com gols de Serjão e Naldo a Desportiva vencia e decretava mais um vice do rival, 9x6 em finais.


Partida de 1985
Capixaba 1985
Desportiva 0x0 Rio branco
Ali após o título de 85 o Rio branco entrariam em seu maior período sem conquistar títulos, foram 25 anos sem um título, 9x7 em finais.

Taça Grande Vitória 1988

Desportiva 1x1 Rio branco 
A equipe grená jogava pelo empate já o Rio branco era obrigado a vencer para levar o troféu, mas o empate em 1x1 deu a taça a Desportiva que marcava 10x7  em finais.
Partida de 2008


Copa Espírito Santo 2008
Partida de ida
Rio branco 1x1 Desportiva
Partida de volta
Desportiva 0x0 Rio branco 
Foram longos anos sem uma final entre os maiores clubes capixabas, e neste encontro mais uma vez o lado grená saiu comemorando o título, mesmo as duas partidas ocorrendo no Engenheiro Araripe o gol fora valeu, e por ter melhor campanha na competição a Desportiva tinha vantagem de jogar a segunda em casa, como o rival não tem casa fazer oque, o título é nosso e o choro é livre. 11x7 Tiva em finais.
Partida Copa Espírito Santo 2012

Copa Espírito Santo 2012
Partida de ida
Desportiva 2x0 Rio branco
Partida de volta
Rio branco 1x2 Desportiva
Rival havia feito melhor campanha jogava por resultados iguais, mas na ida com os 2x0 viu a vantagem ruir, e com medo de ser derrotado dentro e fora de campo tirou a partida de volta do Araripe e levou para o Salvador Costa, deixando apenas 600 ingressos para o lado grená, de nada adiantou, grená comprou seus 600 ingressos e ainda vários ingressos do lado rival, e ainda os abafou em menor número no Salvador Costa, mais um título e  a vantagem passava para 12x7 em finais.

Desafio Preto e Grená 2014
Rio branco 0x0 Desportiva 
Em ação conjunta da diretorias e patrocinadores foi criada esta taça colocando frente a frente os maiores rivais, o tempo normal não ocorreu gols, nas penalidades Felipe goleiro grená brilhou defendeu duas penalidades e a Desportiva venceu por 4x2 chegando a 13x7 em finais.
Partida 2015

Capixaba 2015
Partida de ida
Desportiva 0x1 Rio branco
Partida de volta
Rio branco 1x1 Desportiva
Após 30 anos as equipes voltam a disputar uma final, e como em 85 o Rio branco jogando pelo empate conquistou o título.

Levando em conta todas as partidas onde as duas equipes poderiam ser campeãs a Desportiva leva vantagem em finais contra o Rio branco em 13 contra 8.

Finais por competição :

Campeonato Capixaba
Desportiva 6 x  7 Rio branco
Taça Cidade de Vitória
Desportiva 1x1 Rio branco 
Copa Espírito Santo 
Desportiva 2x0 Rio branco
Taça Grande Vitória
Desportiva 1x0 Rio branco
Taça Jones dos Santos Neves 
Desportiva 1x0 Rio branco
Taça Governador Élcio Álvares
Desportiva 1x0 Rio branco
Desafio Preto e Grená
Desportiva 1x0 Rio branco 

Total de finais disputadas 21 
13 vitórias da Desportiva 
08 vitórias do Rio branco


Aconteceram finais indiretas, onde apenas uma das equipes tinha chances de título em 6 oportunidades, em 4 a Desportiva venceu e duas o rival.

Capixaba 1966
Rio branco 1x0 Desportiva
Esta vitória valeu título do returno com uma rodada de antecipação, como havia conquistado o 1º turno sagrou-se campeão estadual.
Capixaba 1976 
Desportiva 1x1 Rio branco
Este empate na última rodada do quadrangular valeu o título, mas a Desportiva não tinha chances de título na competição. 
Capixaba 1980
Desportiva 4x1 Rio branco
Em uma das maores goleadas da história do clássico a Desportiva conquistava o título estadual com uma rodada de antecipação. Geovane ali despertava interesse de vários clubes no Brasil, foi destaque da goleada com apenas 17 anos marcando um gol dando passe para outros dois.
Partida de 1981
Capixaba 1981
Final 2ª fase ida
Desportiva 2x1 Rio branco
Final 2ª fase volta
Rio branco 0x0 Desportiva 
No ano seguinte a goleada a chance de vingança do Rio branco não foi a frente, valendo vaga na final contra o Colatina a Desportiva se classificou eliminou o rival e se tornou tricampeão consecutivamente.
Partida de 1986

Capixaba 1986
Rio branco 1x2 Desportiva
na última rodada do quadrangular final Rio branco chegava sem chances de títulos, a Desportiva estava na briga com o Guarapari, o Rio branco não queria ver o maior rival comemorar título na sua casa, mas no fim não conseguiu impedir mais um título grená.
Partida de 1994
Capixaba 1994
Rio branco 0x0 Desportiva
A exemplo de 86 apenas a Desportiva lutava pelo título, mas novamente o Rio branco se viu obrigado ver a  festa grená campeã estadual de 1994 dentro de sua casa.

Em 1974 ocorreu um fato desconhecido de muitos, a CBF antiga CBD criou uma eliminatória para decidir o representante capixaba na 1ª divisão daquele ano, Desportiva e Rio branco se enfrentaram na melhor de 3. Na ida Desportiva 1x0, na volta Rio branco 3x1, e na partida decisiva a Desportiva venceu por 2x1 se classificando para a série A 1974.